quarta-feira, maio 22, 2024

Produção do ônibus elétrico e-Volksbus começará no segundo semestre desde ano

Os operadores de transporte público de passageiros vão poder contar com mais um fabricante de ônibus elétricos urbanos. A Volkswagen Caminhões e Ônibus (VWCO) anunciou que iniciará a produção de seu primeiro ônibus elétrico, o e-Volksbus, já no segundo semestre de 2024.

Com a chegada da marca, que já tem tradição no fornecimento de chassis de ônibus urbano a diesel (4.490 unidades emplacadas em 2023), o Brasil passará a contar com seis fabricantes: BYD, Marcopolo Attivi Integral, Mercedes-Benz, Eletra e Higer.

O segmento de ônibus elétrico urbano é um que tem mais chances de prosperar no Brasil. Como já ocorre em São Paulo, há tendência de surgirem legislações municipais para tornar o obrigatório a eletromobilidade no transporte público urbano. Além disso, devido às questões ambientais, há maior disponibilidade de recursos financeiros, seja dos cofres públicos ou linhas de créditos de financiamentos nacionais e internacionais com juros subsidiados.

Leia também:

SPTrans aprova Marcopolo Attivi Integral para o transporte público em São Paulo

e-Volksbus by Engenharia brasileira

O veículo, que está em fase de desenvolvimento no centro mundial de engenharia da empresa, localizado em Resende (RJ), representa um marco importante na trajetória da VWCO rumo à eletromobilidade. O e-Volksbus incorpora o conhecimento adquirido pela companhia ao longo de cinco anos de experiência com o e-Delivery, o primeiro caminhão elétrico desenvolvido integralmente no Brasil.

Os dois veículos compartilham tecnologias e componentes, uma estratégia que visa otimizar o desempenho e a durabilidade dos modelos em condições severas de operação, características comuns no Brasil.

Rodrigo Chaves, vice-presidente de Engenharia da Volkswagen Caminhões e Ônibus, destacou a importância do novo passo dado pela empresa. “Estamos avançando na eletromobilidade urbana. Após testes bem-sucedidos com nosso chassi elétrico e o e-Delivery, estamos prontos para começar a produção do e-Volksbus, um avanço significativo para adaptar nosso processo produtivo a essa nova realidade.”

Saiba mais:

VOLVO BZL 100% ELÉTRICO COMEÇA A SER TESTADO EM CURITIBA

Com capacidade de 22 toneladas e autonomia de até 250 km, o modelo é projetado para carregamentos noturnos, visando maximizar sua produtividade. Além disso, o ônibus elétrico apresenta características como sistema de frenagem regenerativa, a fim de aumentar a autonomia da bateria. Além disso, diminui o desgaste dos freios, e o sistema Eco-Drive Mode, que otimiza o consumo de energia.

Entre as facilidades, o modelo oferece proteção contra inundações. Além disso, está equipado com sistema de ajoelhamento e suspensão pneumática integral, garantindo maior acessibilidade e conforto aos passageiros. Ainda em fase de protótipo, o e-Volksbus utiliza, por fim, uma arquitetura modular exclusiva. Dessa forma, possibilita a produção de diferentes tamanhos de ônibus elétricos, desde micro-ônibus de nove metros até superarticulados de 23 metros.

Leia sobre tecnologia

BorgWarner IMPULSIONA PRODUÇÃO DE SISTEMAS DE BATERIAS EM PIRACICABA

Nos siga no LinkedIn!

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui