sábado, maio 25, 2024

VOLVO BZL 100% ELÉTRICO COMEÇA A SER TESTADO EM CURITIBA

Curitiba (PR), referência em transporte público com ônibus, recebeu nesta terça-feira (29) um novo modelo de ônibus elétrico da Volvo, que faz parte de um programa de transição de tecnologia do sistema municipal de transporte. O veículo, chamado de BZL, foi apresentado pela Volvo e pela prefeitura em um evento no Parque Barigui.

O BZL é um ônibus de 12,6 metros de comprimento, com tração 4×2 e motor elétrico de 200 kW (272 cv) e 475 Nm de torque instalado na traseira. Há opção de ter dois motores elétricos.

Ele tem capacidade para transportar até 90 passageiros, sendo equipado com baterias de íon lítio de 94 kWh (cada), ar-condicionado, wi-fi e sistema de monitoramento da lotação em tempo real.

O modelo pode ter de 3 a 5 baterias. O modelo entregue tinha 4 baterias, portanto, 376 kWh. Segundo a Volvo, o ônibus tem autonomia para até 300 km sem necessidade de recarga e emite zero poluentes e ruído.

Teste em rota real

O ônibus elétrico da Volvo vai circular em teste na frota da Viação Sorriso, uma das operadoras do sistema da cidade. Ele vai atender as linhas Inter 2 e Interbairros II, que transportam cerca de 135 mil pessoas por dia.

A prefeitura vai avaliar a viabilidade dos modelos disponíveis no mercado para definir a compra de cerca de 70 unidades com financiamentos internacionais. O investimento será a partir de R$ 200 milhões na compras dos veículos (valor médio de R$ 2,8 milhões por unidade).

 “A performance dos ônibus elétricos Volvo tem sido muito positiva na Europa e em diversos países de outros continentes. Agora vamos mostrar que esse bom desempenho se repetirá nas condições severas que temos na América Latina”, afirma Alexandre Selski, diretor de eletromobilidade em ônibus da Volvo. 

Nos siga LinkedIn!

6 marcas em teste

Até outubro, a prefeitura vai testar mais testar modelos elétricos das marcas Mercedes-Benz, Eletra, Marcopolo, BYD e Higer.

No entanto, a prefeitura quer criar empregos na cidade de Curitiba para a eletromobilidade, o que conta pontos para Volvo que está investindo na linha de produção dos ônibus elétricos em sua fábrica na mesma cidade. Porém, os fatores técnicos e de preço serão levados em consideração, disse o presidente da URBS (empresa de gestão urbana de Curitiba), Ogeny Pedro Maia Neto.

O prefeito Rafael Greca lembra que a história da Volvo praticamente se confunde com a do transporte coletivo de Curitiba. Portanto, há 31 anos, o município desenvolveu o ônibus biarticulado em parceria com a montadora e tem sido uma parceira fundamental desde sempre, contribuindo com a criação de milhares de empregos na cidade.

Volvo BLZ

O presidente da Volvo Buses na América Latina, André Marques, adiantou que já está nos planos da empresa o desenvolvido dos novos modelos elétricos. Decerto, serão chassis Midi Bus, articulado e biarticulado para produção em Curitiba.

Certamente, a Volvo Buses é uma das principais fabricantes de veículos comerciais elétricos do mundo. J com mais de cinco mil ônibus eletrificados rodando em dezenas de países. Por fim, a meta da Volvo é que 50% dos ônibus comercializados pela marca sejam elétricos até 2030.

Leia também:

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui