segunda-feira, junho 24, 2024

Volvo Trucks confirma produção caminhão a hidrogênio com motor a combustão

A Volvo Trucks confirma que está em fase avançada de desenvolvimento de caminhões com motores de combustão movidos a hidrogênio verde. Ao passo que, os testes em estrada desses veículos inovadores terão início em 2026, com o lançamento comercial previsto para o final desta década. Certamente esta iniciativa representa um passo significativo para a Volvo atingir seu objetivo de neutralidade de carbono e apoiar seus clientes na descarbonização de suas operações.

Anteriormente, a fabricante já havia anunciado o início do desenvolvimento desse motor, como ampliação do portfólio de soluções para a descarbonização do transporte. Assim, o motor a combustão alimentado por hidrogênio vai se juntar aos elétricos, motores a gás biometano, B100 (biodiesel puro), HVO (óleo vegetal hidrotratado), elétricos e célula de combustível. Outros fabricantes tradicionais de motores a diesel, como Cummins e FPT Industrial, também estão desenvolvendo motores a combustão por hidrogênio.

Para saber mais

Hidrogênio sustentável, a eterna energia do universo

Os fabricantes projetam os caminhões movidos a hidrogênio verde, ao invés de combustíveis fósseis, para reduzir significativamente as emissões de carbono no transporte pesado. Aliás, esses veículos percorrem longas distâncias e operam especialmente bem em regiões com infraestrutura de carregamento limitada ou onde o tempo para recarregar baterias é insuficiente. Fontes de energia renováveis produzem hidrogênio verde, diferentemente do hidrogênio cinza e azul, que fontes fósseis produzem.

A Volvo já iniciou testes em laboratórios e com veículos, e em 2026 começará a testar os caminhões a hidrogênio com clientes selecionados.

“Os caminhões com motores de combustão interna movidos a hidrogênio manterão o desempenho e confiabilidade dos nossos caminhões a diesel. Mas com a vantagem adicional de emissões líquidas potencialmente nulas de CO₂ do poço à roda. Eles serão um complemento valioso para nossos caminhões elétricos a bateria, que estão no mercado há vários anos”, afirma Jan Hjelmgren, Chefe de Gestão de Produto e Qualidade da Volvo Trucks.

Leia também:

Conheça o novo Volvo FMX 8×4 autônomo para colheita de cana-de-açúcar

Os caminhões Volvo com motores de combustão a hidrogênio verde têm o potencial de fornecer emissões líquidas zero de CO₂ do poço à roda quando utilizam HVO renovável como combustível de ignição. Além disso, as novas normas de emissões de CO₂ da União Europeia classificam esses veículos como “Veículos com Emissão Zero” (ZEV).

“É claro que são necessárias várias tecnologias para descarbonizar o transporte pesado. Como fabricante global de caminhões, precisamos apoiar nossos clientes oferecendo uma variedade de soluções de descarbonização, permitindo que escolham a alternativa mais adequada com base na atribuição de transporte, infraestrutura disponível e preços da energia verde”, explica Jan Hjelmgren.

Os caminhões a hidrogênio da Volvo utilizarão a tecnologia de injeção direta de alta pressão (HPDI), onde uma pequena quantidade de combustível de ignição é injetada com alta pressão para permitir a ignição por compressão antes da adição do hidrogênio. Essa tecnologia oferece maior eficiência energética, menor consumo de combustível e maior potência do motor.

O Grupo Volvo firmou uma parceria com a Westport Fuel Systems para criar uma joint venture utilizando a tecnologia HPDI. A operação da joint venture está prevista para começar no segundo trimestre de 2024.

Fatos

– Autonomia: Os caminhões movidos a hidrogênio terão uma autonomia operacional comparável a muitos caminhões a diesel, dependendo do tipo de transporte.

– Emissões: Devido às baixas emissões de CO₂ provenientes da combustão de hidrogênio, esses caminhões são classificados como “Veículos com Emissões Zero” pela UE.

– Poluentes: Os motores de combustão a hidrogênio emitem quantidades muito pequenas de óxidos de nitrogênio e partículas.

– Células de Combustível: O hidrogênio também pode ser utilizado em caminhões elétricos com células de combustível, onde a eletricidade é gerada a bordo do veículo. Esses caminhões não emitem nenhuma poluição pelo escapamento, apenas vapor d’água.

Nos siga no LinkedIn!

- Publicidade -

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui