quarta-feira, maio 22, 2024

VOLVO FM ELECTRIC JÁ É TESTADO POR TRANSPORTADORES BRASILEIROS

Com a demanda crescendo exponencialmente, mesmo que a base de volume ainda seja pequena, os grandes fabricantes estão acelerando os seus desenvolvimentos de veículos movidos por fontes mais limpas, como eletricidade, gás biometano, hidrogênio, HVO, entre outras fontes alternativas. É o que faz a Volvo Caminhões no Brasil com o FM Electric.

A fabricante já é a líder em caminhões pesados na Europa. Na última Fenatran, no ano passado, a Volvo apresentou o modelo. Agora o mesmo modelo já está em teste no país.

Marcas que já estão no segmento

No Brasil, mesmo com todos os desafios com a burocracia e alta carga tributária, já temos a JAC, BYD, Volkswagen e, agora, a XCMG como fornecedores de caminhões elétricos. No segmento de furgões, temos JAC, BYD, Citroën e Fiat.

Já a lista de empresas que estão fazendo a transição de veículos movidos por combustível fóssil é longa. As razões para isso também são variadas. Há empresas que estão seguindo a onda, outras por compromissos globais sinceros, políticas de ESG, e, a maioria, ainda fazendo testes para descobrir o CTO (Custo Total de Operação) e CTP (Custo Total de Propriedade).

Leia também: QUE TAL PARAR DE FALAR TCO, E ENTENDER O QUE É CTO E CTP NA GESTÃO DE UMA FROTA?

FM Electric

O modelo Volvo FM Electric está sendo apresentado aos transportadores em diferentes regiões para coletar as primeiras impressões em aplicações tipicamente brasileiras.

Segundo a empresa, até o momento, as impressões relatadas pelos transportadores têm sido positivas. Eles destacam, acima de tudo, a ausência total de emissões, contribuindo significativamente para a redução do impacto ambiental.

Além disso, esses profissionais ressaltam a grande eficiência energética do veículo, a inexistência de ruído, a baixíssima vibração e o alto conforto para o motorista. Esses atributos são essenciais para garantir uma experiência agradável e segura durante o transporte de cargas.

A ausência de ruídos permitirá que as obras noturnas nas cidades sejam menos incômodas para a população.

FM Electric
Caminhão Volvo FM ELECTRIC 100% Elétrico. Foto: Rodolfo Buhrer / La Image / Volvo

Segurança em primeiro lugar

Outro aspecto que chama a atenção dos transportadores é o excepcional nível de segurança embarcada no Volvo FM Electric. A Volvo sempre teve como objetivo a visão de “Zero Acidentes” e essa visão está refletida nesse novo modelo. Assim, os sistemas de segurança avançados e as tecnologias de assistência ao motorista proporcionam uma viagem mais segura, reduzindo o risco de acidentes e garantindo a integridade tanto dos motoristas quanto das cargas transportadas.

Para garantir que o Volvo FM Electric atenda às expectativas e demandas dos potenciais clientes, a Volvo está conduzindo viagens de teste em várias regiões do Brasil, abrangendo diferentes setores de transporte. Afinal, essas rotas incluem trechos urbanos e rodovias, respeitando as condições reais enfrentadas pelos transportadores em seu dia a dia.

Essa abordagem permite que a Volvo colete dados técnicos precisos em uma variedade de aplicações, fornecendo uma visão aprofundada do desempenho e eficácia do veículo em diferentes cenários.

Potência e autonomia

O Volvo FM Electric conta com potência de 490 kW (660 hp) e opções de PBTC (Peso Bruto Total Combinado) de até 44 toneladas. Ele pode ser equipado com três motores elétricos e até seis baterias (540 kWh). Com autonomia de até 300 km, é ideal para operações no entorno de centros urbanos. O carregamento pode ser feito em estações no pátio da própria transportadora e pode levar de 1h30 até 8h, dependendo da quantidade de baterias e tipo de carregador. No entanto, os carregadores de alta potência custam por volta de R$ 200 mil.

A Volvo não informou se essa autonomia já foi aplicada o redutor de 30% determina pelo INMETRO em fevereiro deste. O INMETRO emitiu uma portaria obrigando essa redução porque diversas marcas estavam divulgando autonomia com parâmetros de normas europeia ou norte-americana, desconsiderando a realidade brasileira.

FM Electric
Wilson Lirmann – Presidente do Grupo Volvo América Latina com o caminhão FM ELECTRIC 100% Elétrico. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Volvo

Em suma, a Volvo está na vanguarda global em transporte pesado sustentável, com a meta de reduzir em 50% as emissões de CO₂ de seus veículos até 2030 e em 100% até 2040. A marca é líder em elétricos pesados na Europa e Estados Unidos e tem quase 5.000 caminhões entregues com essa tecnologia em todo o mundo. “O início dos testes do Volvo FM Electric no Brasil é mais um passo da nossa jornada global rumo à descarbonização do setor. Nossa meta são transportes 100% mais seguros, mais produtivos e livres de CO₂”, finaliza Wilson Lirmann.

Apoie o jornalismo do Frota News

O Frota News tem como foco as quatro principais necessidades de informações e análises dos frotistas atuais. O setor, atualmente, tem maior compromisso com segurança, educação, inclusão social e meio ambiente no transporte. 

Se identifica com esses quatro valores, fundamentais para a construção das práticas de ESG, que sintetiza as três principais áreas de preocupação ambiental, social e governança. 

O princípio ético do nosso jornalismo está pautado nesses valores. Todas as reportagens passam por uma avaliação e curadoria para o crescente conhecimento sobre esses temas. 

Portanto, associei sua marca a esta causa e apoie o Frota News com anúncio ou patrocínio de seções e coberturas jornalísticas. Saiba mais na página Sobre nós!

Nos siga também no LinkedIn!

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui