quarta-feira, maio 22, 2024

VOLVO INTRODUZ BATERIAS 42% MAIS EFICIENTE EM CAMINHÕES URBANOS ELÉTRICOS

Que a bateria é o maior desafio para a indústria de veículos elétricos não é novidade para quase ninguém. No entanto, na indústria de caminhões elétricos, esse desafio é amplificado pela Lei da Balança. O caminhão não pode ter a sua capacidade de carga em peso ocupada pelas baterias. No sentido de reduzir este problema, a Volvo Trucks acaba de introduzir baterias novas e mais potentes. Elas garantem autonomia de até 450 km em caminhões urbanos.

Lei da Balança

Como exemplo desse desafio, temos o VW e-Delivery 14, com Peso Bruto Total de 14.500 kg. O projeto dele é derivado do VW Delivery 13.180 6×2, com PBT de 13.200 kg. Isso não significa que o e-Delivery pode carregar 1.300 kg a mais de carga. A estratégia da engenharia da Volkswagen ao aumentar o PBT no modelo elétrico foi para que a capacidade de carga útil não fosse prejudicada em comparação com o modelo a diesel, de 9.255 kg. E mesmo assim, se o cliente do e-Delivery optar pelo pacote maior de baterias (6 packs) para ter maior autonomia (até 250 km), a capacidade de carga útil cai para 8.730 kg. 

Por causa disso, a indústria de caminhões precisa de baterias muito mais eficientes do que as atuais, para poder utilizar menos baterias e reduzir o impacto delas na redução da capacidade de carga. 

Sobrepeso das baterias no eixo dianteiro

Em cavalo mecânico, o desafio é maior ainda devido à concentração de peso sobre o eixo dianteiro, o que pode levar o veículo ao limite da Lei da Balança. Por exemplo, as baterias dos recentes caminhões lançados pela XCMG Brasil pesam três toneladas. O PBT legal de um cavalo mecânico 6×2 ou 6×4 é de 23 toneladas, no entanto, há o limite por eixo pela Lei da Balança. O eixo dianteiro tem o limite de 6 toneladas no Brasil e já tem sobre ele os pesos do motor, da caixa de marchas, da cabine e das pessoas que vão em seu interior, e diversos outros componentes. Como acomodar mais 3 mil kg de bateria?

Volvo elétrico urbano

Graças às baterias mais potentes da linha de caminhões médios da Volvo, o Volvo FL e o Volvo FE elétrico, contam com novas baterias que oferecem 42% de capacidade de energia extra e, como resultado, podem fornecer até 450 km de alcance total com uma carga.

Isso significa que os caminhões podem lidar com a maioria dos tipos de rotas e atribuições em áreas urbanas, além de fornecer energia para equipamentos para tarefas que consomem energia, como manuseio de lixo ou construção de cidades. A energia extra também pode permitir o uso para tarefas de direção na cidade em turnos longos sem precisar de recarga. Como resultado das baterias aprimoradas, o Volvo FL Electric agora tem um alcance de até 450 km, enquanto o Volvo FE Electric tem um alcance de até 275 km.

 “Com um alcance de até 450 km, nossos caminhões elétricos estão prontos para substituir toda a frota de caminhões urbanos a diesel de nossos clientes. O Volvo FL e o FE Electric produzem emissões e ruído mínimos, beneficiando o clima, o motorista e todos que vivem e se movimentam na cidade”, diz Jessica Sandström, vice-presidente sênior de gerenciamento de produtos da Volvo Trucks.

A maior capacidade significa que menos baterias são necessárias para a mesma energia disponível hoje. Se as atribuições dos clientes exigirem alcances mais curtos, eles poderão aumentar sua carga útil usando menos baterias. Há um aumento de carga útil de 500 kg para cada bateria não transportada.

“Para alguns clientes, é mais importante obter carga útil extra do que maximizar o alcance. Trabalhamos em estreita colaboração com nossos clientes na escolha da melhor solução”, diz Jessica Sandström.

FM Electric no Brasil

FM Elctric
Caminhão Volvo FM ELECTRIC 100% Elétrico. Foto: Rodolfo Buhrer / La Image / Volvo

Desde que a Volvo começou a produzir caminhões elétricos em 2019, a empresa vendeu quase 5.000 caminhões elétricos em 40 países ao redor do mundo. A meta da empresa é que metade de suas vendas totais globais de caminhões sejam elétricas até 2030.

Em breve, a Volvo Caminhões vai lançar o FM Electric, já em teste por transportadores brasileiros.

Nos siga no LinkedIn!

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui