quarta-feira, maio 22, 2024

O GIGANTE DA TRANSPES: VOLVO FH 540 COM 300 TONELADAS DE CAPACIDADE

Em um mercado de transporte cada vez mais desafiador, a Volvo Caminhões apresenta uma solução inovadora que tem revolucionado o segmento de cargas indivisíveis. O Volvo FH 540 com 300 toneladas de CMT (Capacidade Máxima de Tração), desenvolvido especialmente para atender demandas de cargas mais pesadas. Ele tem impressionado pela sua capacidade de tração e eficiência. Conversamos com especialistas da Volvo e com o presidente da transportadora Transpes, Alfonso Gonzalez para entender mais sobre esse extraordinário veículo. Na foto da capa deste artigo, as linhas de pesado FH e FMX, matrizes para o FH especial.

Glênio Karas, engenheiro de vendas da Volvo Caminhões, responsável pelo atendimento da Transpes, nos conta que a transportadora é um cliente especial para a marca, e já utilizava em sua frota os robustos Volvo FH 16 de 750 cv para as cargas mais pesadas. No entanto, tudo mudou quando a Volvo lançou o FMX MAX em 2021, com uma impressionante capacidade de tração para o setor de mineração. Nesse momento, a Volvo e a Transpes enxergaram a possibilidade de aplicar os mesmos eixos do FMX MAX no FH, tornando-o capaz de lidar com cargas extra pesadas, como as transportadas pela empresa.

Nos siga no LinkedIn!

FH 540 com
Eixo do FMX MAX RTH3815

A partir dessa ideia, teve início o desenvolvimento do Volvo FH de 300 toneladas de capacidade, em uma colaboração entre a engenharia da Volvo em Curitiba (PR) e a equipe da Transpes em Betim (MG). O resultado foi a criação de um Volvo FH customizado, concluído no final de 2022, e desde então, já foram vendidas mais de 20 unidades, a maioria delas adquiridas pela Transpes.

Infraestrutura: “OS PRÓXIMOS 10 ANOS SERÃO TRANSFORMADORES”, DIZ PRESIDENTE DA TRANSPES

APOIE E CONTRIBUIÇÃO PARA O JORNALISMO INDEPENDENTE DO FROTA NEWS: PIX: apoiador@frotanews.com.br

As diferenças entre FMX e o FH com os mesmos eixos

Comparando com o FMX MAX, que é voltado para aplicações na mineração, o FH 300 apresenta diversas diferenças em suas características. Os caminhões de cargas indivisíveis são utilizados em percursos planejados e com rampas de até 8%, enquanto os caminhões para mineração precisam superar rampas de até 20%.

Uma das principais características que diferenciam esses dois veículos está na caixa de marcha. O FH 300 possui duas marchas super-reduzidas, com uma relação de 32,04:1 na primeira, além de 6 marchas de ré, iniciando com a redução de 37,49:1, sendo necessária uma refrigeração reforçada para suportar a carga.

FH 540 com

Outro componente essencial é o eixo traseiro. No caso do FH 300, é utilizado o RTH3815 de simples velocidade, com cinco planetárias e quatro opções de redução, variando entre 4,14:1 e 7,22:1. No modelo FH especial foi utilizada a relação 5,43:1.Essas configurações permitem ao FH lidar com cargas indivisíveis de forma eficiente.

O desenvolvimento

Um aspecto importante é que o FH com 300 t foi desenvolvido pelas engenharias da Volvo Equipamento e Construções e Volvo Trucks, sendo fabricado na Suécia e posteriormente utilizado no Volvo FMX MAX para a mineração.

A suspensão é outro ponto que merece destaque. O FMX MAX, por ser aplicado em terrenos off-road, possui uma altura maior em relação ao solo. Já o FH 540 com CMT de 300 t tem sua suspensão reforçada e montada na linha de montagem, pois precisa atender à Lei da Balança, suportando 17 toneladas de peso vertical com margem de erro aceitável de até 12,5%. Apesar disso, a suspensão do FH é ainda mais robusta em relação ao modelo rodoviário convencional, utilizando molas parabólicas desenvolvidas pela própria Volvo.

Para garantir a segurança e a eficiência nas estradas, os freios também são reforçados no FH 300. Além disso, há o VEB 510 da Volvo, o caminhão conta com um retarder e freio de estacionamento com acionamento em todos os eixos.

Preço estimado

FH com 540
Um dos primeiros Volvo FH de 300 toneladas de CMT desenvolvido no Brasil

Enfim, tamanha inovação e desenvolvimento tecnológico têm um preço, e o Volvo FH 540 para 300 toneladas de CMT pode custar de 20% a 30% a mais do que o modelo rodoviário convencional. Sendo assim, o FH customizado parte de R$ 1.344.000, enquanto o modelo de catálogo tem preço a partir de R$ 1.120.000, conforme a cotação da Fipe.

Por fim, o presidente da Transpes, Alfonso Gonzalez, está satisfeito com a mudança no perfil da frota e destaca que a parceria com a Volvo tem sido fundamental para atender as demandas cada vez mais desafiadoras do setor de transporte de cargas indivisíveis.

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui