domingo, maio 19, 2024

News#5: RESULTADOS E RESUMO DAS PRINCIPAIS PALESTRAS NA TRANSPOSUL 2023

Na News#5, resumidos os principais fatos ocorridos durante TranspoSul 2023, encerrada na última sexta-feira (23/06). Confira:

TranspoSul 2023

A TranspoSul, evento organizado pelo SETCERGS (Sindicato das Empresas de Transportes de Carga e Logística do Rio Grande do Sul), se destacou, contou com a presença de cerca de 20 mil profissionais do setor. O presidente do SETCERGS, Sérgio Mário Gabardo, ressaltou a importância da feira na promoção da inovação e interação entre montadoras, fabricantes de equipamentos e empresas transportadoras. A avaliação final revelou que a movimentação de negócios gerados entre as empresas participantes superou a meta inicial de R$ 1,5 bilhão.

Tecnologia e caminhões a gás

TranspoSul

O convidado Marcus Souza, diretor de Marketing, Estratégia e Portfólio de Produtos na Iveco, proferiu a palestra “Tecnologia e Natural Power”. Durante a palestra, o executivo abordou as tendências na indústria do transporte, enfatizando três pilares: conectividade, servitização e sustentabilidade.

Segundo o palestrante, a análise de dados é fundamental para a gestão de frotas. Anteriormente, o consumo de diesel era registrado em um caderno, mas atualmente tudo é realizado por meio da conectividade. Especialistas localizados a grandes distâncias do caminhão conseguem analisar cada aspecto do veículo. Quanto à servitização, esta é evidenciada pela experiência de compra. A geração Y já não compra movida pela fidelidade à marca, mas sim pela vivência proporcionada pelo contato com o produto.

Por fim, o especialista ressaltou que a sustentabilidade, antes vista como uma vantagem competitiva, tornou-se uma obrigação.

Movimento Vez e Voz

Os participantes da 23ª Edição da TranspoSul tiveram a oportunidade de conhecer melhor as ações do Movimento Vez e Voz, que visa valorizar as mulheres que já trabalham no setor e incentivar e ampliar a participação delas.

Ana Jarrouge, presidente executiva do SETCESP e idealizadora do Movimento Vez e Voz, ministrou uma palestra sobre Diversidade no Transporte — ações e resultados nos negócios. A palestrante começou provocando os congressistas a refletirem: “Se a maioria da população é formada por mulheres, por que ainda não conseguimos ocupar algumas posições estratégicas em todos os aspectos?”.

Segundo ela, a primeira forma de diversidade que precisa ser superada é a equidade de gênero. “Após alcançarmos esse objetivo, poderemos abrir caminho para outras necessidades e espaços”, defende.

Redução dos custos operacionais

Já sabemos que a inflação sobre insumos para gestão de uma frota está alta. Os que os gestores de transportes precisam focar é nas estratégias para a redução do custo sem perder a qualidade e a segurança dos serviços de transporte de carga e passageiros.

Sobre este tema, o palestrante foi Fabiano Todeschini, CEO da Dipesul Veículos, concessionário Volvo, durante a TranspoSul. “Quando pensamos em uma oficina de caminhão, devemos esquecer aquele ambiente sujo e cheio de graxa. A oficina é muito diferente hoje em dia. Atualmente, precisamos de pessoas que entendam de informática e tecnologia. Essa é uma visão avançada. São demandas que o setor tem do meio ambiente, da sociedade e das pessoas”, afirmou o executivo, que já foi presidente da Volvo Ônibus.

Durante sua palestra, Todeschini destacou a importância de adotar práticas sustentáveis e tecnologias inovadoras para impulsionar a eficiência e a rentabilidade das operações de transporte, enfatizando também a importância de trabalhar com recursos humanos. “Até agora, as organizações sempre trabalharam com a receita menos as despesas para obter lucro. A abordagem avançada hoje é considerar o fluxo de caixa e o ESG, sendo os requisitos mais recentes demandados pelas pessoas”, acrescentou.

Roubo de cargas e pagamentos

As empresas que apresentaram tecnologias para auxiliar os transportadores na prevenção ao roubo de cargas na TranspoSul. A Delta Global apresentou o Delta Safe, Delta Fleet e a Assistência 24 horas para frotas. O Delta Safe, um rastreador desenvolvido internamente pela divisão de tecnologia da empresa, localizada em um polo na cidade de Lavras (MG), pode ser instalado em caminhões, veículos leves, embarcações e máquinas agrícolas. Além disso, apresenta funcionalidades totalmente customizáveis, permitindo que o usuário personalize o serviço de monitoramento e inclua até 40 sensores no veículo.

A solução gera alerta em caso de tombamento, colisão, abertura da trava do baú e mudança na temperatura da carga. Esses alertas são vinculados ao DeltaTAB, um tablet inteligente para o motorista, visando a segurança dele.

“Ouvimos as necessidades dos nossos parceiros e a partir disso criamos soluções que se adequar às exigências e necessidades do mercado”, afirma Nicolas Galvão, CEO da Delta Global.

A empresa Trucks Control também esteve presente na TranspoSul, oferecendo tecnologias que ajudam a prevenir o roubo de cargas ou, pelo menos, recuperar caminhões que tenham sido roubados ou furtados. “Nós oferecemos tanto telemetria visual, como câmeras, quanto rastreadores com localizadores e rastreadores”, afirma Luis Gustavo Pereira, consultor de vendas.

A APISUL também apresentou diversas soluções. Eles realizam o mapeamento e a prevenção de riscos por meio de soluções modulares e customizadas para cada operação.

Pagamentos

Entre os benefícios oferecidos aos transportadores, estão a análise de cenário, o desenvolvimento e a implantação de projetos voltados para a prevenção de roubos, furtos e acidentes em todo o trajeto do transporte de carga. Além disso, eles realizam a análise de informações e tomada de decisão imediata.

A startup de meios de pagamento para frotas, TruckPag, também está presente no evento, apresentando tecnologia. A empresa utiliza inteligência artificial e análise de dados para identificar padrões e comportamentos suspeitos, permitindo a tomada de medidas preventivas. A integração de sistemas de comunicação em tempo real entre motoristas, transportadoras e autoridades também se mostrou uma estratégia eficaz na prevenção e resposta a situações de roubo. Posteriormente, ela apresentou também o Cartão Despesa, uma solução do seu banco digital, o TruckPag Bank.

O head de marketing e design da TruckPag, Junior Sturmer, ressaltou a importância estratégica do evento para a marca, destacando o sucesso das soluções voltadas para a gestão de abastecimento, que tornam o consumo de diesel mais econômico, rentável, transparente, seguro e simples. Além disso, o estande da TruckPag ofereceu uma experiência interativa, com displays touchscreen e uma roleta de prêmios, resultando em um verdadeiro sucesso.

Leia também: FABET-SP FORMA MAIS UMA TURMA DE PROFISSIONAIS PARA O TRANSPORTE

Gestão de Pneus

Todos os transportadores sabem que os pneus estão entre os três maiores custos na operação de transporte rodoviário. Por isso, a gestão eficiente de pneus pode promover a redução dos riscos de desgaste prematuro, aumentar a vida útil dos pneus e minimizar os custos de manutenção ao monitorar regularmente a pressão dos pneus, realizar manutenção preventiva e escolher pneus adequados, e reduzir o consumo de combustível.

Carlos Eduardo de Avelino Berte, Supervisor Técnico Comercial na Hoff, proferiu uma palestra sobre a influência da gestão de pneus na economia do diesel durante a TranspoSul. Contudo, ele afirmou: “a gestão facilita a identificação dos pontos de melhoria, monitorando o mercado e os concorrentes, além de determinar os planos de ação mais adequados para alcançar os resultados desejados.”

Berter explicou que o tipo de diesel utilizado pelas transportadoras não influencia os pneus, mas os pneus utilizados nas frotas têm um impacto direto no consumo de combustível. “Se pegarmos uma bicicleta com pneu murcho, teremos que fazer muito esforço para andar corretamente. Portanto, se estiverem calibrados, será mais fácil nos locomovermos. A mesma lógica se aplica aos caminhões, por isso fazemos a gestão de pneus”, acrescentou.

Uma gestão adequada dos pneus também é fundamental para a prevenção de acidentes com caminhões. Pneus desgastados ou mal cuidados aumentam o risco de estouros e perda de controle do veículo, colocando em perigo a segurança dos motoristas e de outros usuários das vias.

Premiação Programa de Segurança Viária

A TranspoSul sediou a cerimônia de premiação do Programa de Segurança Viária, uma iniciativa do SETCERGS em parceria com a Dipesul Volvo.

O objetivo do programa é fornecer avaliação e orientação às empresas de transporte, com base nos requisitos da ISO 39001, o principal padrão mundial para sistemas de gestão de segurança viária, e nos critérios ESG (Ambiental, Social, Governança) aplicáveis ao transporte de cargas.

“Esse é um assunto de extrema importância para a marca Volvo e para todos os transportadores. Investimos muito em tecnologia em nossos veículos, mas isso por si só não seria suficiente. Nesse sentido, precisamos trabalhar juntos para desenvolver cada vez mais a segurança viária”, afirmou Alcides Cavalcanti, diretor-executivo de caminhões da Volvo na América Latina.

As empresas puderam se inscrever nas categorias Ouro, Prata e Bronze, cada uma com benefícios específicos

Diego Tomasi, diretor do SETCERGS e diretor comercial da Tomasi, uma das empresas participantes, ressaltou a importância da ação. “O SETCERGS visa desenvolver a qualidade das empresas associadas. O prêmio reconhece aqueles que alcançaram o nível de excelência nas operações de segurança realizadas por suas empresas”, afirmou.

Durante a solenidade, também foram entregues distinções às empresas participantes do Simulado de Emergência: Cooperlíquidos, Magma Transportes Rodoviários, Minuano Transportes, Modal Transportes, Scapini Transportes, Tomasi Logística, Translíquidos, Trânsito Brasil e Transportes Gabardo.

Além disso, houve uma premiação para os motoristas em destaque em cada uma das empresas. Portanto, nessa avaliação, foram consideradas boas práticas e exemplos na condução de veículos, atendimento ao cliente, relacionamento com colegas, comunidade e meio ambiente. Assim, os profissionais agraciados foram: Márcio Borba (Cooperlíquidos), José Carlos Scheid (Trânsito Brasil), Jeferson Vieira Moreira (Magma Transportes), André Luiz Sulzbacher (Modal Transportes), Célio Fachi Frazon (Scapini Transportes), Silécio Sebaldo Galas (Tomasi Logística), Juarez Elesbão (Translíquidos) e Elias Gonçalves Villa Nova (Transportes Gabardo).

As premiação principal

O Programa de Segurança Viária considera oito fatores fundamentais, como sistemas de gestão, treinamento e desenvolvimento, desempenho da segurança viária, veículos e tecnologia embarcada, preparação e resposta a emergências, além de tópicos avançados em ESG. Ademais, essas medidas são essenciais para atender às demandas dos embarcadores, transportadoras e da sociedade.

Empresas premiadas no Programa de Segurança Viária:

Cooperlíquidos: categoria Ouro

Tomasi: categoria Ouro

Translíquidos: categoria Ouro

Magma: categoria Ouro

Scapini: categoria Ouro

HB Transportes — Trânsito Brasil: categoria Ouro

Transportes Gabardo: categoria Bronze

Modal Transportes: categoria Bronze

Autor: Editor e Publisher

Transposul
Jornalista Marcos Villela (MTB 6.458/MG) atua no setor da mobilidade de cargas e pessoas desde 1989 e é sócio-fundador da plataforma de informações e consultoria Frota News. Já atuou em editorias de veículos de jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, foi editor da revista Transporte Mundial por 21 anos, diretor de redação do núcleo de revistas da filial brasileira do grupo alemão de revistas especializadas Motorpresse, e conta ampla experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em diversos países. É o representante do Brasil, como membro associado, na entidade internacional sem fins lucrativos ITOY (International Truck of the Year). Ela reúne jornalistas técnicos em transporte dos 34 maiores mercados do mundo para troca de experiências, conhecimento e conteúdos jornalísticos. 
Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui