quarta-feira, maio 22, 2024

News#23: Marcopolo na África do Sul e novidades da Veloe Go, + outras informações

A Marcopolo na África do Sul registrou um notável aumento de 65% na produção de sua, fornecendo 269 ônibus nos nove primeiros meses de 2023, superando os 266 do ano anterior. Isso impulsionou sua participação de mercado de 39% para 47,3%. O gerente-geral da operação sul-africana, Renan Pesente, atribui o sucesso à retomada do transporte rodoviário pós-covid e ao aumento dos preços das passagens aéreas. Destacam-se fornecimentos para a Intercape e Intercity Express, incluindo ônibus Paradiso New G7 1800 DD com 14 metros de comprimento. Essa expansão reforça a posição da Marcopolo como líder global em soluções de transporte rodoviário de alta qualidade.

Leia também:

Iveco renova seus caminhões, principalmente, o pesado S-Way a diesel, gás e elétrico

Rotina de operadores de transporte

A Veloe Go, marca de gestão de transporte e frota da Veloe, apresenta uma inovadora solução para facilitar a rotina de operadores de transporte, micro transportadores e caminhoneiros autônomos. Este serviço de gestão de documentos e multas oferece um ciclo completo de serviços de despachante para veículos, com abrangência nacional e controle de débitos mensais. Disponível para clientes Veloe Go, a solução inclui emissão de licenciamentos, acompanhamento online personalizado e acesso a indicadores inteligentes por meio do Business Intelligence. Além da centralização na emissão de documentos, o serviço assegura a entrega pontual aos condutores, previne problemas futuros, gerencia termos de desconto e identifica condutores em tempo hábil para evitar novas multas. Mauro Telles, superintendente de Produtos da Veloe, destaca que essa solução visa simplificar e aprimorar a eficiência no gerenciamento de notificações e multas, proporcionando benefícios tangíveis aos frotistas.

Mulheres no transporte: desafios e oportunidades em diferentes operações

Tendências na visão da DHL

A DHL destaca a ascensão da visão computacional no mercado de logística, projetando um aumento significativo nas vendas nos próximos 10 anos, atingindo US$ 41,11 bilhões em 2030. Em seu Relatório de Tendências, a empresa aponta a visão computacional como parte essencial das operações padrão na indústria logística nos próximos cinco anos. A tecnologia, baseada em inteligência artificial, promete melhorar eficiência, economizar tempo e reduzir custos em setores como saúde, operações, gestão de ativos e processamento de remessas. Apesar dos benefícios, a visão computacional enfrenta desafios, incluindo aceitação pública e preocupações com segurança cibernética, destacando a necessidade de colaboração cuidadosa para enfrentar essas questões no futuro.

Saiba mais:

Novo Renault Master: geração multienergia e no mundo Google

Mitigação de riscos

A SGS, líder mundial em testes, inspeção e certificação, destaca sua participação no 6º Seminário UDOP de Inovação, apresentando a palestra “Mitigação de riscos/perdas nas operações do açúcar e etanol”. Seu time de especialistas discutirá estratégias para mitigar riscos, reduzir custos e aumentar a confiança na cadeia sucroenergética. A empresa também compartilhará informações sobre seu portfólio de serviços, abrangendo diversos segmentos do mercado de bioenergia. Destaque para a solução Smart Warehouse, que utiliza tecnologia IoT para monitoramento 24h, mitigando riscos no armazenamento de produtos agrícolas. Além disso, a SGS abordará serviços completos, desde inspeção de tanques com drones até supervisão da carga durante o transporte, consolidando sua posição como líder global em testes, inspeção e certificação.

1ª edição do curso
1ª edição do curso Gestão em Segurança no Transporte

Nos siga no LinkedIn!

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui