quarta-feira, julho 24, 2024
- Publicidade -

Mercado de Energia Livre e Sustentável disponível para pequenos e médios transportadores

- Publicidade -

Um das principais fabricantes de implementos rodoviários, a Noma do Brasil, é um dos exemplos no uso de energia livre e sustentável no setor de transportes e industrial do Paraná. Agora, na busca por facilitar a transição para o Mercado Livre de Energia, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) anunciou a aprovação unânime da operacionalização do Agregga, mais uma opção de produto desenvolvido pela 2W Ecobank.

Essa solução visa atender às necessidades de pequenas e médias empresas com demanda contratada abaixo de 500 KW, proporcionando uma alternativa para que elas possam sair do mercado cativo. Essa é uma alternativa muito interessante para as transportadoras brasileiras para redução de custo, independência das concessionárias públicas de energia e política de ESG.

A proposta da 2W Ecobank consiste em unir essas empresas por meio de uma comunhão de direitos, permitindo que formem um grupo coeso para negociar e migrar para o Mercado Livre de Energia. Antes dessa iniciativa, não havia previsão para que empresas dessa classe pudessem se beneficiar da migração, mas a 2W Ecobank, como comercializadora de energia, antecipou-se ao mercado ao desenvolver uma solução que promove a união de consumidores sob contrato de prestação de serviços.

Leia mais:

Troféu Migrante: filial de Concórdia da Noma do Brasil é destaque em 2023

No início, a validade jurídica do Agregga foi questionada. No entanto, a ANEEL, ao aprovar a operacionalização do produto, demonstrou entendimento de que se trata de uma solução legítima e eficaz.

O CEO da 2W Ecobank, Claudio Ribeiro, comemorou a decisão. Dessa forma, ele destaca a importância do lançamento alinhado com o compromisso da empresa em liderar o ritmo do mercado. Ele afirmou. “Além de inovar, queremos sempre assegurar a legalidade e confiabilidade de nossos serviços, prezando sempre pela segurança dos nossos clientes.”

A 2W Ecobank cresce nesse segmento desde 2021, destacando-se pela oferta de soluções sustentáveis para pequenas e médias empresas. Antecipando-se às mudanças regulatórias, a empresa já conta com mais de 1.000 contratos assinados para migração a partir do início do próximo ano.

Saiba mais:

Fabet-SP abre inscrições para 1ª edição do curso Gestão em Segurança de Transporte de 2024

Claudio Ribeiro enfatiza o compromisso contínuo da empresa. “Enquanto não acontece a abertura total do mercado, prevista para até 2028, temos o compromisso em oferecer soluções que reduzam o custo de energia dos consumidores de pequeno porte. Além disso, de maneira sustentável e segura.” A empresa destaca que a abertura do mercado, por si só, não garante economia e satisfação do consumidor. Por isso, a 2W Ecobank investe em ferramentas de gestão de consumo. Além disso, em soluções inteligentes, visando proporcionar uma experiência simplificada, rentável, sustentável e econômica aos seus clientes.

Os problemas enfrentado por dezenas das cidades dos estados de São Paulo e Rio de Janeiro ocuparam as manchetes dos jornais e telejornais. A princípio, segundo o Ministério Público, por incapacidade de infraestrutura e manutenção da rede de serviço de energia da Enel. Tal fato torna mais urgente o crescimento do Mercado de Energia Livre e Sustentável.

Nos siga no LinkedIn!

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui