sábado, maio 25, 2024

Oportunidades da Rota Bioceânica em destaque em Campo Grande

Campo Grande, a capital do Mato Grosso do Sul, será palco de um evento sobre a Rota Oceânica. A iniativa é de grande relevância para o setor de transporte internacional de cargas e ocorre nos próximos dias 26 e 27 de outubro. O seminário intitulado “A utilização de instrumentos de trânsito internacional para a dinamização do corredor bioceânico” tem como objetivo principal fornecer informações cruciais sobre o desenvolvimento do transporte internacional de cargas e oferecer detalhes sobre as oportunidades que a Rota Bioceânica proporciona. O evento é organizado em parceria pela União Internacional dos Transportadores (IRU) e pelo Ministério das Relações Exteriores, com o valioso apoio da NTC&Logística.

Uma das questões centrais a serem abordadas no seminário é o Convênio TIR, um sistema de trânsito internacional que simplifica e agiliza o transporte rodoviário entre países. A IRU, uma entidade com sede em Genebra, tem o mandato de administrar o sistema TIR por meio de uma parceria público-privada com a Comissão Econômica das Nações Unidas para a Europa (UNECE), que, por sua vez, é uma das cinco comissões regionais sob a jurisdição do Conselho Econômico e Social das Nações Unidas (ONU).

Repercussão internacional

A NTC&Logística, por sua vez, desempenha um papel crucial ao ser a única associação de transporte de cargas do Brasil a fazer parte da IRU, mantendo representação desde 1970. Juntas, a NTC&Logística e a IRU buscam soluções para o desenvolvimento do transporte de cargas nos países da América Latina.

O presidente da NTC&Logística, Francisco Pelucio, ressaltou a importância da IRU na construção de políticas para o desenvolvimento global do transporte de cargas. “Estamos felizes em apoiar este seminário. Dessa forma, temos certeza de que as informações sobre o convênio TIR e as possibilidades da Rota Bioceânica ajudarão a impulsionar a eficiência do setor”, disse Pelucio.

O vice-presidente de transporte internacional, Danilo Guedes, que liderará as discussões durante o evento, destacou a importância de buscar soluções que facilitem o trânsito internacional de cargas. Ele afirmou: “o seminário em conjunto com a IRU em Campo Grande será de grande importância para que as autoridades do Brasil, empresários e entidades possam conhecer mais sobre o TIR e as oportunidades da Rota Bioceânica para o nosso segmento e para o País”.

Leia também:

Noma do Brasil recebe Certificado de Energia Renovável 2023 Eco Ludfor

União do Mercosul

A programação do evento promete ser rica em informações relevantes. Ao passo que, no primeiro dia, após o credenciamento, teremos a abertura oficial. Por certo, seguida de apresentações sobre a Rota Bioceânica no Estado de Mato Grosso do Sul. O funcionamento e benefícios do Convênio TIR, sobretudo, serão explicados em detalhes.

No segundo dia, está prevista uma mesa redonda para discutir como melhorar a eficiência do corredor Bioceânico no trânsito internacional. Decerto, com a participação de representantes do setor privado de países como Argentina, Brasil, Chile, Paraguai e Uruguai.

O evento encerrará com uma sessão de perguntas e respostas, proporcionando uma oportunidade valiosa para que os participantes esclareçam suas dúvidas e compartilhem ideias.

O seminário promete ser um marco importante no desenvolvimento do transporte de cargas na América Latina. Por fim, vai abrir portas para uma colaboração mais estreita entre os países da região. Além disso, promover um ambiente mais eficiente para o transporte internacional de mercadorias.

Marcos Villela | LinkedIn

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui