sábado, maio 25, 2024

Implementos pesados batem recorde de vendas em outubro

No mês de outubro, a indústria brasileira de implementos rodoviários alcançou um marco histórico ao registrar seu melhor resultado de vendas. O segmento de implementos pesados batem recorde. De acordo com dados divulgados pela Anfir (Associação Nacional dos Fabricantes de Implementos Rodoviários), exatos 8.997 implementos foram negociados, estabelecendo um recorde absoluto desde 2004, quando o levantamento teve início.

Reboques e semirreboques

Os implementos pesados (reboques e semirreboques), que atendem uma variedade de setores, especialmente o transporte de grãos, produtos agrícolas, contêineres, carga frigorificada e combustíveis, têm se destacado no mercado.

José Carlos Spricigo, presidente da Anfir, analisa o fenômeno, apontando para um mercado forte e comprador que busca renovar suas frotas, impulsionando a aquisição do 4º eixo devido à sua maior capacidade de carga e adaptação às necessidades operacionais.

Além disso, Spricigo observa um aumento significativo na locação de implementos, identificando compras expressivas para aluguel realizadas por diversas empresas. Esse fenômeno, segundo o dirigente, promete impulsionar ainda mais os negócios ao longo de 2023.

Leia também:

3ª Expedição do SETLOG-MS: RILA 2023 conectando MS aos portos chilenos

Pesados mais leves

No contexto global, considerando a soma de implementos leves e pesados, a indústria alcançou a marca de 13.911 unidades negociadas em outubro, o segundo melhor resultado mensal do ano, ficando atrás apenas dos 14.850 produtos vendidos em março. Em setembro, o mercado entregou 12,4 mil unidades aos clientes.

Vendas no acumulado de 2023

Dessa forma, por causa das carrocerias sobre chassi, o resultado geral ainda é menor em 2023. Nos dez primeiros meses do ano, foram vendidas 125.087 unidades, representando uma queda de 2,99% em comparação ao mesmo período do ano anterior.

Leia também:

Goodyear no Open Jazz com Diana Krall, Ajuste de Rota e outras dicas

A principal contribuição para esse declínio vem do segmento de implementos leves. São as chamadas carrocerias sobre chassi, que registraram uma retração de 16,13%, totalizando 50.266 unidades até outubro. Em contrapartida, os produtos pesados acumularam 74.821 unidades vendidas, representando um aumento de 8,4% em comparação ao ano anterior e respondendo por 60% do total do mercado.

Nos siga no LinkedIn!

 

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui