domingo, maio 19, 2024

GRUPO BOM JESUS RECEBE OS PRIMEIROS IVECO S-WAY 540 6X4

O Grupo Bom Jesus, um dos maiores produtores de grãos do Brasil, acaba de receber os primeiros caminhões S-Way da Iveco, marca líder em soluções de transporte. A montadora entregou cinco unidades do S-Way 540 cv 6X4.

A entrega aconteceu em Rondonópolis, com a presença de executivos da Iveco e do Grupo Bom Jesus. Marcio Querichelli, presidente da Iveco para a América Latina, destaca a parceria e o compromisso em fornecer soluções de transporte confiáveis e inovadoras ao setor agrícola.

Saiba mais: MAIS DUAS TECNOLOGAS QUE AUMENTAM A SEGURANÇA DOS IMPLEMENTOS NOMA

“O Grupo Bom Jesus é um cliente estratégico para a Iveco, ao atuar em um segmento que demanda alta desempenho e disponibilidade dos veículos. O S-Way é um caminhão que atende essas exigências, ao oferecer tecnologia, conforto, segurança e economia de combustível”, afirma Querichelli.

APOIE E CONTRIBUIÇÃO PARA O JORNALISMO INDEPENDENTE DO FROTA NEWS. Pix: apoiador@frotanews.com.br

Nos siga no LinkedIn!

Os caminhões S-Way estão otimizando as operações nas fazendas e silos de armazenagem do Grupo Bom Jesus, que produziu 1.613 mil toneladas na safra 2021/22.

“O S-Way foi o caminhão que apresentou o melhor desempenho na condução dos testes que realizamos, além de ter um design moderno e uma cabine confortável. Estamos satisfeitos com essa parceria e confiantes na qualidade dos produtos da Iveco”, diz Tony Erick, administrador da Divisão de Transportes e Combustíveis do Grupo Bom Jesus.

Bom Jesus
Tony Erick e Márcio Querichelli

VENDAS DE CAMINHÕES IVECO GNL CRESCEM NA AMÉRICA LATINA

Sobre o Grupo Bom Jesus

O Grupo Bom Jesus é um dos principais grupos empresariais do agronegócio brasileiro, com atividades nas áreas de transportes, comercialização de grãos e insumos (fertilizantes, defensivos e sementes), pecuária, suinocultura e varejo de combustíveis. Essas atividades estão localizadas nos Estados do Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Bahia, Pará e Piauí.

O grupo possui uma área de mais de 374 mil hectares cultivados com soja, milho e algodão, sendo um dos maiores produtores dessas culturas no país. Além disso, o grupo conta com uma frota própria de mais de 340 caminhões, sendo 92% da marca Iveco (maioria Iveco Hi-Way), que realizam o transporte dos grãos produzidos nas fazendas até os silos ou portos. O grupo já possui cerca de 340 caminhões e possui uma parceria com a concessionária Torino dentro da unidade da transportadora com 9 boxes para manutenção dos caminhões, coisa única da marca Iveco no Brasil

O grupo também possui um rebanho bovino de cerca de 100 mil cabeças, destinado à produção de carne e leite. Na área de suinocultura, o grupo possui uma granja com capacidade para alojar 12 mil matrizes, produzindo cerca de 300 mil leitões por ano. No segmento de varejo de combustíveis, o grupo possui 12 postos de gasolina, distribuídos em cinco estados.

O grupo tem como missão produzir alimentos e energia de forma sustentável, contribuindo para o desenvolvimento socioeconômico das regiões onde atua. Certamente, o grupo também tem como valores a ética, a transparência, a qualidade, a inovação e o respeito ao meio ambiente e às pessoas.

Sobre o Iveco S-Way 540

O caminhão trator Iveco S-Way 540 6×4 foi lançado na última Fenatran, no ano passado. Então, o veículo é destinado para operações de longa distância, vocacionais e agropecuárias. A capacidade permite tracionar composições entre 7 e 9 eixos até 74 t de PBTC.

O motor é o FPT Cursor 13, Euro 6 (Proconve P8), de 13 litros e 6 cilindros. Assim, ele entrega 540 cavalos de potência e 2.550 Nm de torque. O propulsor utiliza o sistema HI-eSCR, que dispensa o uso de EGR e reduz o consumo de combustível, decerto, em até 15% em relação à geração anterior, o Iveco Hi-Way.

Afinal, a transmissão é a ZF TraXon 12S, com 12 velocidades e duas de ré. Assim, o veículo também possui o Iveco Drive. É um sistema que auxilia na condução econômica. Há também o Iveco Drive Style Evaluation, que avalia a desempenho do motorista por meio do Top Driver Virtual.

Bom Jesus

A cabine

O Iveco S-Way 540 6×4 possui uma cabine totalmente reprojetada. Há opções de teto alto e médio, retrovisores com grande angular e porta-objetos superiores. Assim como, o banco para passageiro é tipo cinema seat ou pneumático, cama com nova sustentação e painel de comando sem chave.

Dessa forma, a cabine também conta com uma central multimídia com tela TFT, rádio AM/FM MP3 Bluetooth, viva-voz, comando de voz e espelhamento do smartphone compatível com Android e Apple Car Play.

Ademais, o caminhão trator Iveco S-Way 540 6×4 oferece ainda diversos itens de segurança. Entre eles, há faróis full LED, LDWS (alerta de mudança de faixa), ACC (controle de cruzeiro adaptativo), sensores crepuscular e de chuva, AEBS (frenagem autônoma de emergência) e sistema freio motor.

Enfim, o segundo a Tabela Fipe 2023, a cotação média nacional do Iveco S-Way 540 6×4 é de R$ 958.013,00. Então, trata-se de um valor intermediário no segmento de cavalos mecânicos premium nesta faixa de potência. Portanto, concorre com o Volvo FH (R$ 1.152.800), Scania R (R$ 1.045.281), DAF XF (R$ 1.162.859), Mercedes-Benz Actros (R$ 955.315) e VW Meteor 29.530 (R$ 1.008.777). Certamente, vale reforçar que esses valores são da tabela Fipe e representam uma média nacional. Por fim, os preços de caminhões variam entre estados. Isso devido às diferenças do ICMS (Imposto Sobre Circulação de Mercadorias) e, afinal, da negociação com cada cliente. 

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui