sábado, maio 25, 2024

BorgWarner impulsiona produção de sistemas elétricos e turbocompressores

A BorgWarner, renomada empresa global de tecnologia automotiva, está prestes a encerrar o ano de forma muito positiva. Ele registra um aumento de 18% no volume de produção de turbocompressores em comparação ao ano anterior. A notícia foi divulgada pela própria empresa, que comemorou o feito como um recorde em suas operações.

Esse crescimento significativo é atribuído à crescente demanda por automóveis equipados com motores turbo, impulsionada pela oferta das montadoras instaladas no Brasil. No segmento de turbo flex, a BorgWarner se destaca, detendo uma fatia de 50% do mercado nacional.

O diretor geral, Wilson Lentini, destacou que a BorgWarner não apenas atende às demandas da Volkswagen, inicialmente impulsionada pelo motor turbo TSI, mas também fornece turbocompressores para parte da produção da Stellantis, a maior fabricante em termos de volume e market share no país.

Com o lançamento de novos modelos turbo, a expectativa é que a produção da empresa continue a crescer, potencialmente impulsionando a capacidade produtiva da fábrica localizada em Itatiba (SP), onde os turbocompressores são fabricados.

Expansão em Itatiba

A BorgWarner já está estudando a possibilidade de expansão da fábrica em Itatiba, visando acomodar o aumento previsto na produção. Embora ainda não haja confirmações da matriz da empresa em Auburn Hills, região metropolitana de Detroit, nos Estados Unidos, essa potencial expansão ressalta a importância crescente da filial brasileira no contexto global da fabricante.

O aumento na receita gerada pelas operações ligadas ao motor a combustão no Brasil proporciona recursos que permitem à BorgWarner avançar no desenvolvimento de produtos destinados ao mercado de veículos elétricos.

Esses investimentos planejados, ainda não revelados, têm o potencial de financiar o desenvolvimento e a produção local de turbocompressores para veículos equipados com powertrain híbrido, marcando um passo significativo na transição para tecnologias mais limpas e sustentáveis.

Expansão em Piracicaba

Além do sucesso em Itatiba, a BorgWarner está prosperando em sua outra fábrica no Brasil, localizada em Piracicaba (SP). Nessa unidade, a empresa não apenas monta sistemas de baterias para ônibus urbanos elétricos da Mercedes-Benz, mas também iniciará a produção de sistemas de gerenciamento de baterias (BMS) para o mercado externo.

A operação de montagem de baterias em Piracicaba, iniciada no início deste ano, ganhou uma nova missão estratégica. Vai abastecer as plantas industriais da BorgWarner nos Estados Unidos com BMS a partir de 2024. Essa expansão de tarefas, ademais, deve resultar em um aumento significativo na produção do componente. Dessa forma, projetando encerrar o próximo ano com uma segunda linha de montagem de BMS.

Marcelo Rezende, diretor para Sistemas de Baterias da BorgWarner no Brasil, ressaltou a importância desse passo estratégico. Ele, sobretudo, destacou que a demanda crescente impulsionará metas de maior localização de componentes. Além disso, o aumento do número de funcionários na fábrica de Piracicaba.

Leia também:

O que foi destaque no Salão da Mobilidade Elétrica 2023

A Mercedes-Benz, uma das principais clientes dos sistemas de bateria, já anunciou entregas significativas, impulsionando a produção em Piracicaba para atender a essa demanda crescente. O aumento da responsabilidade nessa unidade prepara o terreno para que ela se torne um centro de competência global da BorgWarner. Isso, a fim de a produção de baterias, contribuindo com a experiência do Brasil para as demais operações da empresa em todo o mundo.

Nos siga no LinkedIn!

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui