domingo, maio 19, 2024

AVALIAÇÃO: KIA STONIC É UM HÍBRIDO PARA FROTAS QUE PRECISAM DE AUTONOMIA E ECONOMIA

A Kia Motors deu um passo ousado no mercado brasileiro ao importar e apostar no Kia Stonic. Este modelo inovador e foi o primeiro SUV compacto com tecnologia híbrida no Brasil, marcando um avanço significativo na oferta de veículos eco-friendly.

Ele marca pontos nas políticas ESG das frotas corporativas ao somar pontos em economia, sustentabilidade e segurança. Além disso, no caso de São Paulo, ele é isento de rodízio. 

O Kia Stonic, com dimensões comparáveis aos demais SUVs da categoria, aposta no estilo jovial. Importado da Coreia do Sul, este SUV híbrido está com preço público de R$ 139.990. Para frotas, por meio de vendas diretas, cabe negociação para definir o desconto.

Design e interior

O estilo do Kia Stonic cativa com sua abordagem jovem e esportiva. O icônico “nariz de tigre”, a emblemática grade que caracteriza os carros da marca, confere personalidade imediata ao veículo. Ademais, escolher um teto pintado de cor diferente acrescenta um toque de dinamismo, realçando o perfil esportivo do Stonic, um SUV com menor altura em relação ao solo.

O modelo da avaliação tinhas as cor Cinza Perene com teto Amarelo Máximo. Os modelos bicolor custam R$ 4.500 extra. As opções de cores são várias devidas as diferentes combinações possíveis.

No interior do carro, a textura aprimorada dos plásticos e detalhes em imitação de fibra de carbono elevam a qualidade percebida do interior. O espaço acomoda confortavelmente quatro passageiros adultos. O quinto passageiro vai ficar bem acomodado ser for mais “compacto” devido ao túnel central e o entre-eixos mais curto, característica em quase todos os modelos da categoria.

Saiba mais: o triciclo Apé Cargo para entregas urbanas

Tecnologia híbrida leve

Sob o capô, o Kia Stonic incorpora um motor Kappa 1.0 turbo de 3 cilindros a gasolina. Ele produz 118 cv e 168 Nm de torque. Combinado ao motor elétrico de 48V, o trem de força gera 120 cv e 200 Nm e acelerações mais rápidas. 

O sistema híbrido leve, embora modesto em potência e capacidade de armazenamento, aprimora efetivamente o consumo do veículo.

O conjunto é complementado por uma transmissão automatizada de sete velocidades com dupla embreagem e tração dianteira, proporcionando desempenho sólido para um veículo de 1.256 kg.

Resultado energético

Kia Stonic
O Kia Stonic foi o vencedor do Prêmio Mobilidade Limpa na categoria MHEV, promovido pela Agência Autoinforme

Com o conjunto, foi possível fazer médias de 17 km/l na estrada, e cerca de 14 km/l na cidade.

Com modos de condução Eco, Normal e Sport, o Kia Stonic ajusta sua dinâmica de acordo com a preferência do motorista.

No modo Sport, a resposta rápida e a direção precisa se destacam, enquanto o modo Eco otimiza o consumo, especialmente em ambientes urbanos.

O ajuste de suspensões equilibra habilmente a condução esportiva e o conforto, proporcionando uma experiência satisfatória em variadas condições rodoviárias.

Leia também: EM FROTAS: FIAT MOBI OU FIAT ARGO? JÁ PERGUNTOU AO COLABORADOR?

Pacote de Recursos

O Kia Stonic oferece um pacote abrangente de recursos, incluindo ar-condicionado automático e digital, start-stop, ajustes de volante, central multimídia compatível com Android Auto e Apple CarPlay, entre outros.

No quesito segurança, ademais, o Kia Stonic conta com seis airbags, alerta de uso do banco traseiro e assistente de partida em rampa.

Enfim, conta com controles de tração e estabilidade, sistema Isofix e desbloqueio automático de portas em caso de colisão aprimoram a segurança dos ocupantes.

O modelo de entrada da Kia oferece freios a disco nas quatro rodas. Por fim, característica diferente dos modelos das fabricantes brasileiras, oferece o eixo traseiro em seus modelos com freios a tambor, menos seguros

Kia Stonic
Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui