domingo, maio 19, 2024

A visão da Braspress sobre caminhões elétricos, transição energética e a testa elétrico da MB

O Frota News entrevistou o fundador e presidente da Braspress, Urubatan Helou, sobre a transição energética em sua frota de caminhões. O empresário, referência no setor, foi bastante enfático da necessidade desta necessidade. No entanto, os seus 47 anos de experiência nos apresenta uma visão de quem estuda as alternativas e ainda não tem uma resposta definitiva. Porém, tem bons questionamentos e sobre isso que este artigo aprofunda.

A Braspress empresa entende a importância da transição energética, pois as mudanças climáticas devido, em parte, do uso de combustíveis fósseis, são evidentes. A empresa está disposta a utilizar todas as alternativas de energias mais limpas, caso exista a viabilidade econômica. Para Urubatan Helou, isso precisa ser uma política de Estado. Sigamos para esse entendimento.

Leia também:

O Roteiro Automotivo e a celebração do empreendedorismo feminino

A Braspress já utiliza 30 caminhões elétricos da JAC Motors Brasil, o JAC iEV1200T, e ouvimos só elogios pelos resultados deles na operação. Mas a Braspress quer mais. Ela é cliente fiel da Mercedes-Benz desde 1977. Por isso, a Braspress já está testando um caminhão 100% elétrico da marca das três estrelas. Tanto o empresário quanto a Mercedes-Benz não quiseram informar muito detalhes sobre isso, pois, lógico, faz parte da estratégia das empresas não revelar muitas informações prematuramente.

Porém, os executivos da Mercedes-Benz não confirmaram qual modelo. No entanto, o atual portfólio da empresa conta com os modelos eActros 300 e eActros 600. O presidente da Braspress também não confirmou qual o modelo em teste. No entanto, ele disse cairia como uma luva em sua operação um caminhão elétrico com PBT de 15 toneladas e autonomia em torno de 600 km. E se for Mercedes-Benz, melhor ainda.

Leia a Newsletter Frota News

O Mercedes-Benz eActros LongHaul é um caminhão 100% elétrico que estreou no Salão de Hannover (IAA 2022). Ele se destaca por sua autonomia de 500 km e capacidade de carregamento ultrarrápido com potência de até 1 MW. Equipado com três pacotes de bateria, totalizando mais de 600 kWh, e dois motores elétricos, o eActros LongHaul oferece uma potência contínua de 400 kW e um pico de saída superior a 600 kW. Utilizando células LFP (fosfato-ferro-lítio), que proporcionam maior vida útil e quantidade de energia utilizável. Esse caminhão elétrico promete durabilidade de mais de 10 anos e 1,2 milhão de km. Além disso, sua bateria pode ser recarregada de 20 a 80% em menos de 30 minutos usando uma estação de carregamento com saída de cerca de um megawatt. A produção em série do Mercedes eActros LongHaul já está em pleno vapor.

Achim Puchert, presidente da Mercedes-Benz do Brasil & CEO América Latina, presente na mesma ocasião da entrevista com Urubatan Helou, não confirmou e nem desmentiu que seja o Actros e300 o modelo em teste no Brasil. Disse que a Mercedes-Benz Caminhões conta com um portfólio de caminhões elétricos e, que no caso do Brasil, confirmou haver modelos em testes, mas, a maior preocupação ainda é com a infraestrutura, mas estará pronta para fazer os lançamentos em breve. Inclusive, irá revelar novidades ainda neste ano.

Leia sobre hidrogênio para motores a diesel

Green Fuel: a tecnologia brasileira com hidrogênio para veículos comerciais

Para se ter como exemplo, na Alemanha, a Mercedes-Benz Trucks não vende um caminhão exclusivamente. Ela vende o pacote completo: caminhão, consultoria para infraestrutura, e acompanhamento de pós-venda para garantir a maior vida útil do caminhão elétrico, pois, se houver mal uso, o projeto dará errado, como ocorre com as locadoras em relação aos automóveis elétricos no mundo todo, inclusive no Brasil.

Urubatan Helou Jr., também na mesma ocasião, disse que o que ele pensa sobre caminhões elétricos na frota hoje é diferente de dois anos atrás e pode ser diferente daqui a dois anos. No entanto, hoje, estão muito satisfeitos com os 30 JAC elétricos, pois conseguem cumprir a roda diária gastando, no máximo, 40% da energia da bateria e quase zero custo de manutenção até o momento, apenas com pneus.

Leia sobre Mercado de Energia Renovável

Noma do Brasil recebe Certificado de Energia Renovável 2023 Eco Ludfor

E para abastecer os caminhões, a Braspress compra energia mais limpa do Mercado Livre de Energia e está se preparando para produzir a própria energia elétrica para abastecer os caminhões, pois a transição energética precisa de fontes limpas de eletricidade.

Para concluir, Urubatan Helou deixou claro que a Braspress testará e está disposta a adotar todas as alternativas em sua frota, quando for sustentável ambiental e economicamente.

Nos siga no LinkedIn!

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui