domingo, maio 19, 2024

A ascensão da Localiza Empresas Pesados em pouco tempo

A Localiza Empresas Pesados, fruto da fusão com a Locamérica, conquistou destaque em pouco mais de um ano no mercado de locação de veículos pesados. Atualmente, a empresa conta com mais de 5 mil veículos comerciais alugados e atende cerca de 200 clientes.

O segmento estratégico para a Localiza&Co representa 0,9%, segundo dados da Abla (Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis). Este percentual considera todas as locadoras e em comparação com a frota total de caminhões no Brasil. Segundo dados da Fenabrave/Senatram, a frota de veículos de carga, considerando todas as categorias, é de 3,8 milhões de unidades.

Leia mais:

MAIS DUAS TECNOLOGIAS QUE AUMENTAM A SEGURANÇA DOS IMPLEMENTOS NOMA

O diretor Executivo na Localiza, Marco Túlio de Carvalho Oliveira, destaca o desafio da cultura da posse e enfatiza a oferta de soluções tecnológicas, parcerias estratégicas e um time especializado. A pesquisa evidencia que mais de 40% dos empresários preferem terceirizar a gestão da frota, impulsionando o crescimento da Localiza Empresas Pesados.

Com 99% dos caminhões que atende as duas últimas fases do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve P7 e P8), equivalentes ao Euro 5 e 6, a empresa conta com uma frota de caminhões com idade média relativamente baixa.

A oferta da empresa abrange desde gestão de frota de veículos leves até soluções de aluguel corporativo, caminhões para diversas operações, além de outros equipamentos para o transporte de carga e logística.

A centralidade no cliente é um diferencial competitivo para a Pesados Localiza. Ademais, uma pesquisa da SAE Brasil revelou que mais de 40% dos empresários preferem não se preocupar com os processos burocráticos da gestão de frota. Mais de 30% acreditam que terceirizar essa gestão proporciona um maior fluxo de caixa e capital para investir no negócio.

Saiba mais:

Higienização da cabine do caminhão tem muito a ver com segurança veicular

No final de 2023, por fim, a Sociedade Brasileira de Tecnologia para Equipamentos e Manutenção (Sobratema) divulgou uma publicação que indica uma perspectiva positiva para o mercado de máquinas de construção em 2024. Dessa forma, sinaliza um possível fortalecimento após uma estimativa de queda de 13% nas vendas em 2023 em relação ao ano anterior.

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui