domingo, maio 19, 2024

8 DICAS DA VOLVO TRUCKS PARA EVITAR PARADAS NÃO PREVISTAS NA OFICINA

A Volvo Trucks, com experiência de quem já vendeu mais de 313.000 caminhões só no Brasil entre 1980 e 2022 (imagina no mundo?), nos conta 8 dicas para evitar quebras de caminhões.

O artigo foi escrito por Bert Johansson, gerente de Desenvolvimento operacional na Volvo Trucks, e o Frota News fez a tradução para o nosso leitor.

Fonte: Bert Johansson — Tradução e adaptação: Marcos Villela — Imagines: Acervo Volvo Caminhões

Garantir que seu caminhão continue funcionando é fundamental para evitar paradas em seus negócios. Aqui estão 8 razões comuns para avarias — e o que você pode fazer para evitá-las.

É justo dizer que é quase impossível evitar todos os tipos de paradas do caminhão, graças ao desgaste natural. Mas também há muita manutenção preventiva que você pode fazer para reduzir o risco de avarias.

Uma recomendação básica geral para aumentar o tempo de atividade é realizar inspeções regulares. As verificações diárias significam que os motoristas podem agir antes que qualquer problema se torne algo maior ou mesmo um grande problema. Muitos problemas também podem ser evitados com a manutenção programada do seu caminhão.

Aqui está uma lista dos 8 mais comuns e o que você pode fazer sobre eles.

1. A BATERIA

O motivo mais comum para a quebra de um caminhão moderno é o mau funcionamento da bateria. Um caminhão atual é altamente dependente de funções e sistemas que precisam de energia da bateria. Se usados ​​em excesso, eles podem fazer com que a bateria descarregue. Baterias bem carregadas e limpas, juntamente com uma caixa de bateria bem conservada e conexões elétricas são cruciais quando se trata de evitar avarias. Para evitar mau funcionamento, mantenha as baterias limpas e carregadas e certifique-se de que as conexões elétricas na caixa da bateria estejam limpas e livres de corrosão usando spray anticorrosivo.

2. EVITE FREIOS BLOQUEADOS OU DESGASTADOS

Os freios ficam expostos a muito desgaste e freios travados ou presos são problemas muito comuns que requerem assistência na estrada. Os motivos para esse tipo de avaria podem incluir discos rachados, pastilhas de disco gastas e/ou pinças presas. Tudo isso pode ser evitado por meio de verificações regulares de manutenção preventiva. Certifique-se de seguir os intervalos de manutenção programados.

3. VERIFIQUE SE O MOTOR DE PARTIDA ESTÁ COM AS CONEXÕES ELÉTRICAS LIMPAS

Na posição número três encontramos problemas no motor de partida, que podem causar mau funcionamento do motor. Muitas vezes, isso ocorre devido a conexões elétricas soltas ou ruins, causadas — neste caso — por corrosão. Para evitar isso, verifique as conexões do motor de partida e, se necessário, limpe-as e lubrifique-as com spray anticorrosivo. 

4. VERIFIQUE SEUS PNEUS DIARIAMENTE

Em quarto lugar, encontramos diferentes tipos de danos aos pneus: por exemplo, estouros de pneus. Ao verificar seus pneus diariamente, você pode evitar muitos problemas. Procure desgaste incomum e danos nas roscas e paredes laterais do pneu.

5. PROCURE POR VAZAMENTOS DE ÓLEO 

Vazamentos de óleo também podem causar frequentemente paradas desnecessárias, com vazamentos mais frequentemente vindos de mangueiras e tubos. Vazamentos podem ser encontrados tanto na direção hidráulica quanto nos sistemas de óleo do motor e geralmente ocorrem devido ao uso e degradação normais. Ao procurar vazamentos de óleo embaixo do veículo, você pode evitar uma pane antes que ela aconteça.

8 dicas

Leia também: News#4: ZF TraXon, SITE IVECO, EMPILHADEIRA ELÉTRICA, JADLOG E MULTILOG

6. EVITE PROBLEMAS RELACIONADOS À EMBREAGEM

Em 6º lugar para causas de avaria encontramos problemas relacionados com a embreagem. Vários motivos podem causar isso, como discos de embreagem desgastados ou vazamentos de mangueiras pneumáticas. Durante as revisões, é possível detectar os problemas. Se o motorista utilizar incorretamente a caixa de câmbio no modo manual, é recomendável fornecer treinamento para garantir o uso adequado da caixa de câmbio e embreagem.

7. TROQUE OS FILTROS NO TEMPO CORRETO

Se você não substituir os filtros (como filtros de combustível e separadores de água) de acordo com o cronograma de manutenção, eles correm o risco de entupir, o que pode resultar em paradas muito caras. Para manter o motor em bom estado e garantir sua vida útil esperada, é crucial substituir os filtros de óleo do motor nos intervalos de manutenção. Certifique-se de manter um diálogo regular com sua oficina de serviço — e, se necessário, atualize seu intervalo de serviço e planeje suas visitas à oficina a tempo de se adequar à sua operação.

8. VERIFIQUE OS BOLSÕES DE AR ​​QUANTO A RACHADURAS E DANOS

A maioria dos caminhões hoje possui suspensão a ar com bolsões de borracha. Ademais, à medida que envelhecem, as chamadas “rachaduras de ozônio” podem causar danos ao bolsão, o que pode levar a um vazamento repentino de ar, resultando em uma avaria. Assim, para evitar isso, você precisa garantir que seus bolsões de ar estejam em boas condições — o que significa que você deve mantê-los o mais limpos possível. Certamente, durante as verificações regulares de manutenção preventiva, é possível fazer isso.. 

Reduza custos desnecessários com medidas simples

Por fim, nota do tradutor: algumas das dicas de manutenção preventiva mencionadas aqui podem parecer autoexplicativas ou diretas. Mas as avarias podem ter consequências graves para o negócio de caminhões e resultar em custos significativos. Afinal, o custo médio de detalhamento para esses tipos de emissões pode variar de R$ 11 mil a R$ 30 mil, dependendo da localização e das circunstâncias. Ademais, os caminhões sempre precisarão de manutenção e reparos, independentemente de quão bem construídos sejam, e todas as causas comuns de avarias mencionadas aqui baseiam-se em exemplos da realidade.

Por fim, como disse Bert Johansson: “existe uma diferença entre tempo de inatividade planejado e tempo de inatividade não planejado, mesmo do ponto de vista do custo. A chave para cortar custos com paradas é conhecer e otimizar a manutenção planejada, para que você tenha menos paradas e quebras não planejadas”.

Nos siga na LinkedIn!

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui