domingo, maio 19, 2024

TRÊS FURGÕES ELÉTRICOS PARA ÚLTIMA MILHA: RENAULT EZ, FORD E-TRANSIT COURIER E AMAZON RIVIAN

Conheça três furgões elétricos para última milha que mais parecem que saíram de desenhos animados. No entanto, eles são reais e alguns já trabalham na logística urbana de alguns países. A indústria estima que a demanda por este tipo de veículo para quadruplicar até 2050. São eles: Renault EZ-Flex, Amazon Rivian, cooperação com Mercedes-Benz, e Ford E-Transit Courier.

Renault EZ-Flex

O modelo da fabricante francesa ainda é um furgão conceito. As dimensões do EZ-Flex são de 3,86 metros de comprimento, 1,65 metros de largura e 1,88 metros de altura, otimizando seu volume de carga no espaço de um carro pequeno urbano. Além disso, possui um raio de giro de 4,5 metros, facilitando a manobrabilidade em áreas centrais.

A parte traseira do EZ-FLEX vem em várias configurações personalizáveis e intercambiáveis diferentes: um design “clássico”, uma plataforma para a limpeza de espaços públicos com ferramentas, um módulo dividido em 3 compartimentos para a entrega de diferentes tipos de embalagens e um módulo refrigerado para o transporte de alimentos.

A estrutura do EZ-FLEX oferece 3 metros cúbicos de espaço de armazenamento interno e possui portas laterais que facilitam o carregamento e descarregamento, permitindo fácil acesso a todo o módulo, com uma altura ergonômica de carga de 76 cm do chão.

O EZ-FLEX tem uma autonomia de até 150 km, tornando-o ideal para entregas na cidade, onde a distância média percorrida é de 50 km por dia.

Amazon Rivian e Mercedes-Benz Vans

A van comercial elétrica da Rivian (EDV — Electric Delivery Vehicle) é o resultado da parceria entre o fabricante de veículos elétricos e a Amazon, graças ao investimento feito pela empresa de Jeff Bezos, que agora possui 17% de participação acionária na Rivian.

A combinação da tecnologia de ponta da Rivian e da extensa rede de distribuição da Amazon tem o potencial de revolucionar como as entregas são feitas e promover um futuro mais sustentável.

A Rivian planeja entregar 100.000 vans de entrega elétricas, o que auxiliará a Amazon a dar um passo significativo em direção aos seus ambiciosos objetivos para o planeta.

Autonomia

A van de entrega da Rivian é um veículo elétrico projetado especificamente para atender às necessidades do setor de entrega de mercadorias. Os modelos da van Rivian são configuráveis e variam de 14 a 19 metros cúbicos de volume de carga, com capacidade de carga útil variando de 890 a 1.240 kg.

A Rivian Commercial Van é montada na plataforma elétrica RCV patenteada, que abriga os sistemas de transmissão, freios, chassi, suspensão, térmicos e de alimentação da bateria.

A EDV da Rivian possui sistemas inteligentes de gerenciamento de bateria que controlam os módulos de alta densidade de energia e conseguem carregar em velocidades de até 150 kW. A van de entrega da Rivian oferece uma autonomia de até 240 quilômetros.

Joint venture

A Mercedes-Benz Vans, fornecedora completa de vans elétricas privadas e comerciais, e a fabricante de veículos elétricos Rivian assinaram um Memorando de Entendimento para iniciar uma parceria estratégica. A parceria permitirá que as empresas cooperem na produção de vans elétricas.

Sujeito à celebração de acordos finais vinculativos e à obtenção das autorizações regulatórias pertinentes, as empresas têm a intenção de estabelecer uma nova joint venture visando investir e operar uma fábrica na Europa para produzir vans elétricas grandes para a Mercedes-Benz Vans e a Rivian, a partir de alguns anos.

Leia também: AVALIAMOS O FURGÃO MERCEDES-BENZ SPRINTER 315 STREET. E COMO ELE É SUPERIOR AO 314 E CONCORRENTES

Ford E-Transit Courier

O Ford E-Transit Courier é o resultado do esforço conjunto da Ford Pro, reunindo especialistas em veículos comerciais do Reino Unido e Alemanha. Teve também a participação do centro de P&D na Turquia, para continuar com a eletrificação de seus produtos da família E-Transit.

A Ford Pro lançou o E-Transit Courier, uma van compacta totalmente elétrica que oferece um design renovado em relação às versões anteriores a combustão.

Possui uma carga útil de até 700 kg, com capacidade para transportar dois pallets Euro em seu amplo compartimento de carga. A nova suspensão traseira aumentou a largura entre as rodas em mais de 200 mm. Além disso, possui um compartimento frontal de 44 litros para pequenos itens. Há uma divisória completa de aço, uma janela na divisória protegida por malha e uma escotilha de carga através da divisória. Isso permite acomodar objetos grandes, inclinando o assento do passageiro para frente.

Cabine

O design da cabine foi desenvolvido como um escritório móvel. O freio de estacionamento é elétrico para economizar espaço. Assim, permite ter um console central de armazenamento configurável. Também é possível incluir opcionalmente uma superfície plana dobrável para apoiar um laptop ou um bloco de notas A4.

Além disso, a cabine do E-Transit Courier possui uma tela sensível ao toque padrão de 12 polegadas (30,48 cm). Ela utiliza o mais recente sistema SYNC 4 da Ford, incluindo compatibilidade sem fio com Android Auto e Apple CarPlay.

Potência

O E-Transit Courier possui um motor totalmente elétrico. Ele complementado pelos serviços integrados de carregamento e software da Ford Pro, garantindo a máxima produtividade e tempo de atividade. O motor elétrico tem uma potência de 100 kW (136 cv) e 290 Nm de torque. A bateria que pode ser carregada completamente em menos de seis horas, usando o carregador embarcado de 11 kW AC. Ou em menos de 35 minutos usando o carregador rápido de 100 kW DC. Com essa propulsão, a van elétrica pode atingir uma velocidade máxima de 145 km/h.

Os motoristas também podem alternar entre três modos de condução. O Normal — com resposta padrão do acelerador. O Eco — aumenta a autonomia suavizando a resposta do acelerador, e Escorregadio — suaviza a resposta do acelerador e adapta a direção para maior controle.

Autor:

furgões elétricos
Jornalista Marcos Villela (MTB 6.458/MG) atua no setor da mobilidade de cargas e pessoas desde 1989 e é sócio-fundador da plataforma de informações e consultoria Frota News. Já atuou em editorias de veículos de jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, foi editor da revista Transporte Mundial por 21 anos, diretor de redação do núcleo de revistas da filial brasileira do grupo alemão de revistas especializadas Motorpresse, e conta ampla experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em diversos países. É o representante do Brasil, como membro associado, na entidade internacional sem fins lucrativos ITOY (International Truck of the Year). Ela reúne jornalistas técnicos em transporte dos 34 maiores mercados do mundo para troca de experiências, conhecimento e conteúdos jornalísticos.
Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

3 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui