sábado, maio 25, 2024

Shell inaugura posto para abastecer caminhões a gás, diesel, HVO e elétricos

A Shell inaugural em Eindhoven, cidade sede da DAF Trucks na Holanda, o primeiro posto híbrido de abastecimento de caminhões, oferecendo uma variedade de opções de energia.

Esta inovação destaca-se pela introdução de carregadores rápidos de 4.300 kW projetados especialmente para caminhões elétricos, representando um passo significativo na eletrificação do transporte de mercadorias. Além disso, a Shell disponibiliza aos operadores de transporte o eDepot, uma estação de carregamento em seu próprio local, para uma maior conveniência.

Leia também:

Fetranslog 2023: a maior feira de logística do Sul do Brasil

Diversidade de opções energéticas

No Eindhoven Acht, os operadores de caminhões têm acesso a uma gama de opções de combustíveis, incluindo diesel tradicional e renovável, bem como BioGNL. A estação também oferece Shell Renewable Diesel, conhecido como HVO.

O BioGNL e o HVO são particularmente melhores por suas reduções significativas nas emissões de CO₂, chegando a 30% e 90%, respectivamente. Esses biocombustíveis continuam em constante desenvolvimento. A Shell vai expandir a disponibilidade do HVO por meio de sua fábrica em Pernis, com planos para produzir 820.000 toneladas de biocombustível anualmente a partir do próximo ano.

Shell
Neste posto Shell pode-se abastecer caminhões a gás, diesel, HVO e elétricos

Leia também:

Mercado: em 10 anos, a DAF Brasil já é quase do tamanho da Scania Brasil com 66 anos

Carregadores Rápidos

O destaque do Eindhoven Acht é a introdução de quatro carregadores rápidos especialmente projetados para caminhões elétricos. Com a capacidade de até 4.300 kW, esses carregadores podem carregar os caminhões elétricos e permitem que os motoristas recarreguem suas baterias enquanto descansam na loja ou restaurante. Isso possibilita que tanto os caminhões quanto os motoristas continuem suas viagens com novas energias, melhorando a eficiência das operações de transporte.

Frans Everts, CEO da Shell Holanda, inaugurou oficialmente o Eindhoven Acht e expressou sua visão de um transporte mais limpo. Everts espera que 20% dos caminhões elétricos sejam carregados durante suas jornadas, e a Shell tem planos ambiciosos de implantar mais praças de carregamento para caminhões elétricos, com a meta de ter dez delas na Holanda até 2025. Para os outros 80% dos caminhões elétricos, Everts sugere a instalação de estações de carregamento nas instalações das empresas de transporte, com o auxílio da solução eDepot da Shell.

Leia também:

Teste de uso do diesel verde HVO100 em 16 caminhões da equipe Mercedes-AMG de F1

Desafio complexo

A construção de infraestrutura de carregamento para veículos elétricos, por fim, é um desafio complexo, com obstáculos como congestionamento da rede e requisitos de construção. A Shell, no entanto, adquiriu a empresa alemã SBRS no ano passado para aprimorar sua capacidade de assistência na infraestrutura de carregamento. Embora ainda não haja uma bomba de hidrogênio em Eindhoven Acht, Everts observa que é sempre uma possibilidade futura.

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui