segunda-feira, maio 20, 2024

Reiter Log é a primeira cliente dos Volvo FM Electric no Brasil

Em um marco significativo para a indústria de transporte sustentável no Brasil, a Volvo concretizou seu primeiro negócio de caminhões elétricos pesados no país. Os veículos serão destinados à Reiter Log, uma das principais operadoras logísticas do Brasil, por meio da Locadora Volvo.

Os caminhões elétricos da Volvo foram apresentados no Brasil durante a última Fenatran, o maior salão de transporte rodoviário de cargas do continente. Agora, esses veículos inovadores começam a ser negociados no mercado brasileiro.

“Estamos muito orgulhosos de termos sido escolhidos pela Reiter para apoiá-los na missão de zerar emissões no transporte, totalmente alinhada com nosso compromisso em entregar soluções 100% mais seguras, mais produtivas e livres de CO₂”, assegura Wilson Lirmann, presidente da Volvo na América Latina.

Foco na redução das emissões

A Reiter Log operará cinco caminhões Volvo FM Electric em diversas rotas, transportando cargas industrializadas. “A Reiter é nosso cliente tradicional e um dos transportadores com maior foco em redução de CO₂ no Brasil, tornando-se agora o primeiro operador de caminhões elétricos pesados Volvo no país”, afirma Alcides Cavalcanti, diretor-executivo da Volvo Caminhões.

O modelo de negócio adotado pela Volvo nessa parceria é o conceito de ‘caminhão como serviço’. Em vez de vender os veículos, eles serão locados por meio da Locadora Volvo. “Com os caminhões elétricos trazendo nova tecnologia, a locação oferece mais flexibilidade para o cliente operar seus fretes sem precisar se preocupar com serviços de manutenção e conectividade, que já estarão incluídos no negócio”, destaca Carlos Ribeiro, presidente da Volvo Financial Services na América do Sul. Dessa forma, a oferta de locação inclui o plano de serviço ouro, serviços de conectividade (Volvo Connect), assistência 24h (VOAR), treinamento de motoristas, entre outros.

“Caminhões elétricos não são apenas uma nova tecnologia de motorização mais limpa. A eletromobilidade representa uma verdadeira transformação nos negócios de transporte, com mudanças importantes na operação e manutenção da frota. A exemplo do que já fazemos com os veículos diesel, entregaremos uma solução integrada de serviços. Nossos clientes estarão totalmente respaldados para manter a disponibilidade máxima dos caminhões elétricos Volvo”, assegura Wilson Lirmann.

“Com esses veículos 100% elétricos, certamente, poderemos oferecer um serviço de transporte com zero emissão de CO₂ nos caminhões para vários de nossos embarcadores, sendo empresas altamente comprometidas com metas ambientais ambiciosas”, afirma Vinícius Reiter Pilz, CEO da Reiter Log.

Leia também:

Noma do Brasil recebe Certificado de Energia Renovável 2023 Eco Ludfor

Os caminhões elétricos pesados Volvo apresentam uma potência de 490 kW (660 hp), assim como, oferecem opções de Peso Bruto Total Combinado (PBTC) de até 44 toneladas. Podem ser equipados com três motores elétricos e até seis baterias (540 kWh), proporcionando uma autonomia de até 300 km. O carregamento pode variar de 1h30 a 8h, dependendo da quantidade de baterias e do tipo de carregador.

Na Europa, a Volvo iniciou a venda de caminhões 100% elétricos em 2019. Assim como, expandindo para veículos pesados em 2021. A marca já entregou ou recebeu encomendas de mais de 6.000 caminhões elétricos, ademais, em 42 países de seis continentes. “Essa experiência e a confiança em nossa marca foram decisivas para a decisão da Reiter em fechar negócio conosco”, assegura Alan Holzmann, diretor de estratégia de produto da Volvo. A expansão da eletromobilidade reforça o compromisso da marca em reduzir as emissões de CO₂ em seus veículos em 50% até 2030 e em 100% até 2040.

Reiter Log
Infraestrutura fundamental para a logística com caminhões elétricos

A Volvo Trucks celebra a entrega de oito caminhões elétricos pesados para clientes no Brasil, Chile e Uruguai. Dessa forma, marcando as primeiras vendas de caminhões com emissão zero de gases de escape para a América Latina. Essa iniciativa reflete o crescente interesse das empresas de transporte na região em adotar métodos de transporte pesado mais sustentáveis.

Saiba mais:

Fabet-SP abre inscrições para 1ª edição do curso Gestão em Segurança de Transporte de 2024

O Brasil, sendo um mercado estratégico para a Volvo Trucks, certamente, recebe uma atenção especial. Em 2022, a Volvo entregou 26.159 caminhões para clientes no Brasil, evidenciando a importância do país na visão de expansão da marca.

“Muitos transportadores na América Latina têm grandes ambições em relação ao transporte por caminhão a fim de conseguir emissão zero na operação. Estamos muito orgulhosos e entusiasmados, certamente, por termos sido escolhidos para apoiar os nossos clientes no início da sua jornada de eletrificação. Acreditamos que mais empresas de transporte seguirão em breve”, afirma Wilson Lirmann, presidente da Volvo Trucks Latin America.

A Volvo Financial Services alugará os caminhões. No Chile, ademais, as empresas SQM e El Libertador já começaram a usar um caminhão Volvo FH Electric cada. Além disso, a Bitafal utilizará um Volvo FM Elétrico no Uruguai.

As versões elétricas do Volvo FH e Volvo FM podem operar com um peso total de 44 toneladas. Por certo, apresentando uma autonomia de até 300 quilômetros com carga total.

Reiter Log
Fabet São Paulo

A Volvo Trucks, pioneira na produção em série de caminhões elétricos desde 2019, possui uma linha elétrica, certamente, abrangente. Dessa forma, composta por seis modelos, é capaz de lidar com diversas tarefas de transporte. A empresa, por fim, estabelece a meta ambiciosa de que 50% das vendas globais de novos caminhões Volvo sejam elétricos até 2030, consolidando seu compromisso com um futuro sustentável e livre de emissões.

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

5 COMENTÁRIOS

  1. Que pena que a diretoria de São Paulo da Reitlog não tem competência para lidar com os seus motoristas colaboradores, e que adianta ter excelentes equipamentos para trabalhar, si a diretoria não e competente e nem São profissionais qualificados para trabalhar com esse tipo de equipamento.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui