sábado, maio 25, 2024

Óleo de cozinha usado transforma-se em biodiesel no Paraná

Na Região Metropolitana de Curitiba, um exemplo prático e sustentável de como transformar resíduos em recursos vem chamando a atenção. O óleo de cozinha usado, frequentemente descartado inadequadamente, está sendo reciclado em grande escala para a produção de biodiesel. Assim, contribuindo significativamente para a proteção ambiental e para a geração de energia renovável.

Em 2023, o Grupo Potencial, destacando-se como grande produtor de biodiesel em uma única planta no Brasil e um dos maiores do mundo. Transformou mais de nove milhões de litros de óleo de cozinha usado em biodiesel. Este processo não só reforça a importância do descarte correto de resíduos, mas também destaca a empresa como líder em inovação e sustentabilidade no mercado de biocombustíveis.

Leia também:

Mercado de Energia Livre e Sustentável disponível para pequenos e médios transportadores

A produção de biodiesel do Grupo Potencial não se baseia apenas no reaproveitamento do óleo de cozinha usado. A empresa também incorpora a gordura animal e a soja fornecida por mais de 25 mil famílias de agricultores familiares. Essa matéria-prima é adquirida por meio de cooperativas, garantindo suporte à economia local e promovendo a agricultura familiar.

“Hoje, nós compramos de fornecedores parceiros mais de 600 toneladas por mês de óleo de cozinha usado. Os fornecedores já entregam diretamente na usina em um padrão de qualidade que exigimos. Nós estamos tentando viabilizar projetos que conversem diretamente com o consumidor”, explica Caio Arakaki, gerente comercial na Potencial Biodiesel.

Com uma composição de 75% de óleo vegetal e 25% de gordura animal, o biodiesel produzido pela Potencial não apenas atende às necessidades energéticas, mas também contribui para um meio ambiente mais limpo. A companhia enfatiza que cada litro de óleo de cozinha usado pode contaminar até 25 mil litros de água se descartado incorretamente, ressaltando a importância de seu trabalho no combate à poluição hídrica.

Leia a revista Frota News Digital
edição 40
Destaques de capa da edição 40

O mercado de biodiesel está em franca expansão. Segundo a Associação Brasileira das Indústrias de Óleos Vegetais (Abiove), espera-se que a demanda por biodiesel no Brasil cresça 22% em 2024. Impulsionada pelo aumento do percentual desse combustível na composição do diesel de 12% para 14%, conforme determinação do Ministério de Minas e Energia.

O Grupo Potencial já está se preparando para esses novos desafios, incluindo a adoção de práticas de logística reversa e ampliando parcerias, como a recente colaboração com uma grande rede de fast food para o recolhimento semanal de óleo usado.

A medida que o percentual exigido de biodiesel no diesel subirá para 15% em 2025, o Grupo Potencial e outras empresas do setor estarão na linha de frente, não apenas atendendo à demanda crescente, mas também liderando o caminho para um futuro mais sustentável.

Nos siga no LinkedIn!

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui