sábado, maio 25, 2024

Caminhoneiros em 2024: tecnologia e melhora na economia prometem aquecer o setor

Caminhoneiros em 2024 – *Por Melodivo Teixeira, CEO da QueroTruck

O segmento de caminhões segue aquecido e promete continuar em expansão neste ano devido aos bons índices econômicos registrados pelo país recentemente, como aumento do Produto Interno Bruto (PIB) e queda da Selic. Segundo dados da Federação Nacional de Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), no transporte rodoviário de cargas, a expectativa em 2024 é de crescimento de 10% nas vendas, alcançando 114.571 unidades.

Cenário otimista também quando falamos dos e-commerces, incluindo o mercado especializado em peças e implementos rodoviários. De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), o setor espera um faturamento total de R$ 205,11 bilhões, o que representa alta de 10,4% em relação a 2023.

Lojas on-line apostam em inovação

O crescimento do comércio digital ano a ano no Brasil tem feito as plataformas de compra e venda investirem em inovação para atenderem clientes cada vez mais exigentes, e com o público caminhoneiro não é diferente. As plataformas têm trabalhado na personalização por meio de recursos tecnológicos que melhoram a experiência dos usuários. A análise de dados e otimização de anúncios, por exemplo, facilitam a busca por itens de interesse, favorecendo a dinâmica do mercado.

Leia também:

Sula Miranda apresenta inovadora plataforma de compra e venda de caminhões Quero Truck

 

Avanços a favor do caminhoneiro

Ainda enfrentando desafios diários como infraestrutura precária e roubos de carga, os caminhoneiros encontram na tecnologia uma aliada poderosa. Monitoramento em tempo real, dispositivos de segurança conectados e sistemas de alerta contribuem para superar esses obstáculos, enquanto a conectividade fortalece a comunicação com a família durante as longas viagens por todo o Brasil. Os benefícios tangíveis para os profissionais das estradas são a redução de custos operacionais e o aumento da segurança nas pistas.

Euro 6

A tecnologia presente em modelos modernos de veículos, como o Euro 6, também tem ganhado destaque no quesito economia operacional. Além disso, esses caminhões são menos poluentes. Eles contam com um motor que reduz a quantidade de substâncias lançadas na atmosfera, como o óxido de nitrogênio (NOx) e partículas de diesel. Também consomem menos combustível, o que é bom para o meio ambiente. Ademais, vantajoso para os caminhoneiros e empresas de transporte, que têm alto consumo mensal.

*Melodivo Teixeira é CEO da QueroTruck, plataforma fomentadora de negócios relacionados à compra e venda de caminhões e implementos rodoviários, novos e seminovo.

Nos siga no LinkedIn!

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui