terça-feira, junho 25, 2024

Volvo Group e Daimler Truck formam mais uma joint venture

Em um movimento para acelerar a transformação digital na indústria de veículos comerciais pesados. O Volvo Group e a Daimler Truck anunciaram hoje a intenção de formar mais uma joint venture 50/50. A princípio, o objetivo é desenvolver uma plataforma de veículos definida por software, que inclui tanto o software quanto o hardware necessários para criar um sistema operacional dedicado a caminhões. Os dois grupos já havia formado uma joint venture para produção de trem de força de célula de combustível.

Além disso, ambas as empresas compartilham a ambição de liderar esta transformação para melhorar a eficiência e a experiência do cliente. A nova empresa, que terá sede em Gotemburgo, Suécia, buscará estabelecer um padrão industrial para sistemas operacionais de caminhões, oferecendo essa plataforma também a outros fabricantes de equipamentos originais (OEMs).

Leia também:

O empreendedorismo feminino com o evento “Gestoras da Prosperidade”

Martin Lundstedt, presidente e CEO do Grupo Volvo, destaca: “O Grupo Volvo e a Daimler Truck são forças poderosas individualmente. Ao unir nossas forças, aceleramos os benefícios que uma plataforma de caminhões definida por software trará. A transformação rápida da nossa indústria torna essencial essa colaboração para desenvolver e compartilhar custos. Esta parceria é verdadeiramente a nova liderança na nossa indústria.”

Martin Daum, CEO da Daimler Truck, complementa: “A digitalização do veículo é tão crucial quanto a transformação para tecnologias de condução neutras em CO₂. Desenvolver uma plataforma comum com o Grupo Volvo permitirá transformar nossos veículos em dispositivos programáveis, criando recursos diferenciadores de veículos digitais de forma mais rápida e eficiente.”

A joint venture será uma entidade independente, aproveitando ativos e recursos existentes de ambas as empresas. Por certo, seu objetivo é desenvolver uma base técnica que permita a criação de recursos digitais diferenciados, proporcionando uma experiência de cliente superior.

A saber, o acordo preliminar, assinado hoje, não é vinculativo. Um acordo final é esperado ainda este ano, com a conclusão da transação prevista para o primeiro trimestre de 2025, sujeita às aprovações regulatórias necessárias.

Certamente, essa parceria representa um passo estratégico importante, unindo duas gigantes da indústria em uma missão comum de redefinir o futuro dos veículos comerciais pesados através da digitalização e inovação tecnológica.

Nos siga no LinkedIn!

- Publicidade -

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Últimas notícias
você pode gostar:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui