domingo, maio 19, 2024

Uso do gás renovável é uma das apostas da Cummins com o motor X15N

Os fabricantes de motores a gás renovável estão acelerando a oferta de opções. No Brasil, na história recente, a Scania foi pioneira em oferecer alguns modelos com motor a gás. A FPT Industrial já tem seus motores prontos para atender a produção de caminhões Iveco, apresentados na última Fenatran e uma das promessas para um futuro próximo. Outra fabricante de motores que está com o seu motor pronto é a Cummins, no entanto, por enquanto, nos Estados Unidos.

A Knight-Swift Transportation, sediada em Phoenix, Arizona, está testando o motor a gás natural X15N da Cummins. Este teste está obtendo reduções notáveis nas emissões de NOx e gases de efeito estufa, sem comprometer o desempenho, representando um grande avanço na busca por soluções sustentáveis no setor de transporte.

GNR x GNV

O caminhão em questão é abastecido exclusivamente com Gás Natural Renovável (GNR) de ultrabaixo carbono fornecido pela Clean Energy Fuels Corp. A operação é ancorada na estação da Clean Energy em Carson, Califórnia, que se tornou um marco na transição para fontes de energia mais limpas.

O gás natural renovável nos EUA é como o nosso biogás no Brasil. Ele é produzido com uso de resíduos orgânicos oriundos da agropecuária, indústria de alimentos, comércio e residência. Este uso faz parte da economia circular, promove a indústria da reciclagem e reduz o envio de resíduos para os lixões. Já o GNV (Gás Natural Veicular) é quase tão poluente quanto o diesel, pois é um combustível fóssil.

Leia também:

Grupo Sipal é o novo distribuidor Noma do Brasil no Mato Grosso

Produção comercial em 2024

O motor a gás natural Cummins X15N está programado para chegar ao mercado em 2024. Ademais, oferece classificações semelhantes às do diesel, durabilidade e confiabilidade. Isso permite que as frotas reduzam significativamente sua pegada de carbono sem sacrificar a capacidade. Sobretudo, atender os objetivos de sustentabilidade da indústria, incluindo a capacidade de funcionar com gás natural renovável.

A Clean Energy Fuels Corp., decerto, desempenha um papel fundamental nesse avanço com seu Gás Natural Renovável de intensidade de carbono negativa, que captura metano em sua fonte biogênica e o transforma em combustível renovável para transporte. Derek Turbide, vice-presidente da Clean Energy, destacou: “Isso, certamente, resulta no RNG com intensidade de carbono negativa da Clean Energy que fornecemos para estações de energia limpa em toda a Califórnia.”

Por fim, José Samperio, vice-presidente de negócios rodoviários da Cummins, expressou sua confiança no sucesso a longo prazo dessa parceria. “Nosso relacionamento com a família Knight Transportation remonta a mais de 30 anos. Certamente, com uma rica história de parceria por meio de testes de campo de novas tecnologias e recursos.”

Nos siga no LinkedIn!

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui