domingo, maio 19, 2024

TransJordano: 25 anos no transporte de cargas e logística

Com sede em Paulínia (SP) e 10 filiais, a TransJordano foi fundada em outubro de 1998, portanto, acaba de completar 25 anos de história no transporte de cargas e logística.

Desde a sua fundação, a TransJordano se destacou no mercado de combustíveis. Para garantir eficiência, segurança e pontualidade, a empresa mantém sólidos por um rigoroso processo de seleção e qualificação dos seus profissionais. São constantes avaliações teóricas, práticas, psicológicas, prevenção de álcool e drogas, equipes qualificadas e treinadas e constantes verificações técnicas.

Inclusive, a TransJordano mantém uma sólida parceria com a Fabet-SP, fundação de treinamento no transporte sem fins lucrativos. Outro trabalho consolidado com esta parceria, é o da inclusão da mulher no setor de transportes.

TransJordano
Na parceria com a Fabet-SP, motoristas são treinados em caminhão biarticulado com implemento de combustível da TransJordano

Leia também:

Grupo Sipal é o novo distribuidor Noma do Brasil no Mato Grosso

Renovação da frota

Atualmente, a TransJordano emprega mais de 750 colaboradores e mantém uma frota com idade média de até dois anos. Para reforçar seu compromisso com a segurança e qualidade, a empresa realizou um investimento significativo de R$ 85 milhões em 2023 para a renovação de sua frota, adquirindo 125 novos caminhões.

“Estamos extremamente orgulhosos por alcançar essa marca de 25 anos. O sentimento é de gratidão por esse momento, mas também de muita responsabilidade. Sabemos que, ao alcançar o nível de serviço que temos atualmente, temos que seguir inovando para mantermos a satisfação de nossos clientes. No entanto, o momento é de agradecer a todas as pessoas que fizeram a diferença para a nossa empresa alcançar essa marca tão relevante”, destacou João Bessa, fundador e presidente da TransJordano.

“O principal objetivo desse investimento foi manter a frota da empresa atualizada, com custo de manutenção baixo e, principalmente, ter equipamentos atualizados para que nossos motoristas realizem as operações seguramente e com alto desempenho. Com novos veículos, temos um ativo com tempo bem menor de manutenção e com tecnologia renovada que polui menos o meio ambiente e que auxilia na segurança operacional de toda nossa operação. Esse tipo de investimento reforça o nosso viés tecnológico, de segurança e de que se preocupa com as tendências de ESG (sigla para políticas ambientais, sociais e de governança)”, acrescentou Bessa.

Campanhas sociais

Ao longo de suas duas décadas e meia de atuação, a TransJordano não se limitou apenas ao transporte de cargas, mas também participou ativamente de conscientizações sociais, como as campanhas de Novembro Azul e Outubro Rosa. Nesses meses, a frota da empresa foi personalizada com as cores e símbolos respectivos dos movimentos, com o intuito de lembrar e de auxiliar as pessoas a procurarem o tratamento preventivo.

Buscando expandir seu legado no mercado do transporte rodoviário de cargas, a TransJordano está diversificando seus produtos, sempre priorizando a qualidade, segurança no trânsito e assertividade nas operações.

“O foco dos próximos anos é esse nosso crescimento e a expansão para novos mercados e segmentos. A diversificação de produtos é um dos nossos grandes enfoques atuais, mas, claro, agradecendo, respeitando e continuando com o nosso legado de combustíveis e de cargas líquidas. Temos um time muito forte e robusto e acreditamos que estamos preparados para alcançar novos mercados”, adicionou Joyce Bessa, head de gestão estratégica, finanças e pessoas da TransJordano.

João Bessa acredita que o sucesso contínuo da empresa depende também do legado deixado na vida das pessoas que trabalham para a empresa.

“Empregamos uma abundantemente de pessoas e ficamos felizes pelo quanto essas mulheres e esses homens conseguem prover um estudo para suas crianças, adolescentes e filhos. É legal imaginar que no futuro eles possam prover também para os filhos um legado, um pilar de continuidade. Somos uma empresa familiar e acreditamos muito nessa continuidade de legado para a construção de uma sociedade melhor. Seguiremos trabalhando firme para levar tranquilidade no abastecimento da sociedade de forma sustentável”, finalizou o presidente da TransJordano.

Capacitação de Motorista Padrinho
Curso de Capacitação de Motorista Padrinho na Fabet-SP

Sobre a TransJordano

Com sede em Paulínia e 25 anos de experiência no transporte rodoviário de cargas, a TransJordano atua em importantes setores. Nos segmentos de combustíveis, químicos, produtos do agronegócio, bebidas, fertilizantes, açúcar e outros. A empresa possui atualmente mais de 750 colaboradores, espalhados pelas onze unidades da empresa, localizadas nos estados de São Paulo, Mato Grosso, Rio de Janeiro, Goiás, Minas Gerais, Paraná e Bahia.

Desde a fundação prima-se pela excelência dos serviços. A TransJordano possui as certificações SASSMAQ (Sistema de Avaliação de Saúde, Segurança, Meio Ambiente e Qualidade). Além disso, a certificação ABNT NBR ISO 9001 (Sistema de Gestão da Qualidade). Ademais, implantou a ABNT NBR ISO 39001 (Sistema de Segurança Viária).

Por fim, com foco em segurança, o principal objetivo da TransJordano é levar tranquilidade no abastecimento da sociedade de forma sustentável. Com 25 anos de sucesso e um compromisso contínuo com a inovação e a qualidade. A TransJordano continua a ser uma referência no mercado de transporte rodoviário de cargas e logística.

Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui