domingo, maio 19, 2024

Frotistas adotam aluguel de moto elétrica com troca de bateria

Você já imaginou poder de moto elétrica sem se preocupar com a autonomia da bateria? O aluguel de moto elétrica é a proposta da Origem, uma startup brasileira que fabrica e aluga motos elétricas por um preço acessível e com troca de baterias ilimitada. Neste artigo, conheceremos um pouco mais sobre essa empresa que tem já tem clientes, como Ambev, FedEx, Getnet, Neodent, Stone, Brasfort, Logística BSB, entre outras, já utilizam a moto Origem para entregas e serviços.

Leia também:

Curso presencial de Gestão em Segurança no Transporte da Fabet-SP

A Origem nasceu em 2017, quando um grupo de engenheiros da Universidade de Brasília decidiu criar a primeira moto 100% elétrica e 100% brasileira. Eles perceberam que as motos elétricas disponíveis no mercado eram caras, pesadas e tinham pouca autonomia. Por isso, eles desenvolveram um modelo leve, ágil e com uma bateria removível que pode ser trocada em estações espalhadas pelo país.

Três níveis de assinatura

A Origem funciona como um serviço de assinatura, no qual o cliente paga um valor fixo mensal para ter acesso a uma moto elétrica e a um sistema de troca de baterias ilimitada. Dessa forma, o cliente pode escolher entre três planos. O valor mensal parte de R$ 949 no plano Smart e inclui quilometragem livre, manutenção, rastreamento, emplacamento e IPVA. No plano Plus é incluso moto reserva, e no Premium, mais manutenção no local do cliente.

A Origem já conta com diversas estações de troca de baterias em Brasília (DF) e cidades ao entorno. Por certo, o próprio piloto faz a troca da bateria em um sistema automatizado. O tempo da troca dura cerca de 1 minuto.

Leia também:

Noma do Brasil recebe Certificado de Energia Renovável 2023 Eco Ludfor

Velocidade máxima e autonomia

A autonomia da bateria dura entre 50 km e 70 km, variando conforme condições variáveis em razão do moto de condução, questões climáticas, peso, entre outros. Ademais, a velocidade máxima da moto é limitada eletronicamente em 60 km/h, o que é suficiente para atividade urbana.

Por fim, a Origem também recebeu um aporte de R$ 100 milhões após uma rodada de investimentos liderada pela Barn. Sobretudo, os recursos foram utilizados na construção da fábrica em Manaus em 2022. Com efeito, de lá já saíram 300 unidades. Assim, o objetivo da startup é ter cerca de 5.000 motos em circulação em Brasília até 2024.

Publicidade

cap.muscle
www.capmuscle.com.br
Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui