sábado, maio 25, 2024

FREIGHTLINER E WESTERN STAR SÃO INVESTIGADAS POR FALHAS EM SEGURANÇA

A National Highway Traffic Safety Administration (NHTSA), órgão do governo federal dos EUA responsável pela redução de acidentes de trânsito, iniciou uma investigação após uma série de reclamações envolvendo os sistemas de frenagem automática de emergência (AEB). Os caminhões Freightliner Cascadia e Western Star 5700 são os investigados. Essa investigação desperta a atenção de proprietários e motoristas desses caminhões, bem como de todos os interessados na segurança nas estradas.

Conforme os documentos da NHTSA, o sistema AEB nos caminhões em questão pode identificar incorretamente um objeto. E, assim, comandar o veículo para parar inesperadamente, resultando em perigo para outros motoristas. Com base nisso, a agência recebeu 18 reclamações que a levaram a lançar uma avaliação preliminar para apurar os fatos e garantir a segurança de todos os envolvidos.

250.000 caminhões envolvidos

Essa investigação abrange cerca de 250.000 caminhões Daimler equipados com sistemas AEB. A Daimler Trucks North America (DTNA), fabricante dos caminhões Freightliner Cascadia e Western Star 5700, divulgou um comunicado. Ela afirma que está totalmente comprometida com o desenvolvimento de tecnologias que salvam vidas, como a frenagem automática de emergência. A empresa reconhece o potencial desses sistemas para melhorar significativamente a segurança nas estradas e compartilha a mesma missão da NHTSA de reduzir acidentes fatais e ferimentos graves.

A NHTSA alega, em seus documentos de investigação, que as 18 reclamações mencionam erros no sistema AEB dos caminhões modelo 2017-2022 Freightliner Cascadia e Western Star 5700 produzidos pela DTNA. Segundo relatos, o AEB é ativado sem a presença real de um obstáculo na estrada, caracterizando um evento falso positivo. Os motoristas informaram que o veículo aciona os freios de serviço sem aviso ou intervenção do motorista. Isso, variando desde aplicações momentâneas e parciais com perda mínima de velocidade até aplicações completas que levam o veículo a uma parada total na faixa de rodagem.

Órgão do governo confirmou falhas

O Centro de Pesquisa e Teste de Veículos da NHTSA realizou testes em um veículo equipado com o sistema AEB do Freightliner Cascadia. Durante o cenário de “placa de trincheira de aço”, o veículo iniciou uma frenagem brusca quando a placa foi detectada. A DTNA argumentou que esse cenário não reflete as condições reais de direção.

Freightliner

Diante dessas circunstâncias, a NHTSA decidiu abrir uma avaliação preliminar para identificar o problema. Assim, determinar se o suposto defeito representa um risco irracional à segurança. É importante ressaltar que essa investigação ocorre em um momento de mudança. A NHTSA e a Federal Motor Carrier Safety Administration planejam emitir um aviso de regulamentação. Assim, nele há proposta que busca comentários sobre a exigência e/ou padronização do desempenho dos sistemas AEB em caminhões.

Por fim, a segurança nas estradas é uma preocupação constante e as autoridades responsáveis estão comprometidas em garantir a proteção de todos os usuários. A colaboração entre a NHTSA, fabricantes de veículos e outras partes interessadas é essencial para a identificação e solução de quaisquer problemas relacionados à segurança automotiva.

Leia também: AS RAZÕES PARA SER EFICIENTE NA GESTÃO DE SEGURANÇA NO TRANSPORTE

Esta notícia está no Frota News porque contribui para a segurança no trânsito

Apoie o jornalismo do Frota News

O Frota News tem como foco as quatro principais necessidades de informações e análises dos frotistas atuais: segurança, educação, inclusão social e meio ambiente no transporte. 

Se identifica com esses quatro valores, fundamentais para a construção das práticas de ESG, que sintetiza as três principais áreas de preocupação ambiental, social e governança. 

O princípio ético do nosso jornalismo está pautado nesses valores. Todas as reportagens passam por uma avaliação e curadoria para o crescente conhecimento sobre esses temas. 

Associei sua marca a esta causa e apoie o Frota News com anúncio ou patrocínio de seções e coberturas jornalísticas. Para anunciar, peça o mídia kit pelo e-mail: contato@frotanews.com.br

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui