quarta-feira, julho 24, 2024
- Publicidade -

Locação: novos investimentos em máquinas e empilhadeiras

- Publicidade -

Saiba como o Grupo Emtel está se tornando um importante competidor no setor de locação de máquinas com um investimento de R$ 25 milhões. Aliás, conheça também sobre o potencial do segmento de locação de máquinas e empilhadeiras.

O Grupo Emtel anunciou um investimento de R$ 25 milhões para a aquisição de novas máquinas, visando atender à crescente demanda do setor de agronegócio. Com 10 unidades espalhadas pelas regiões Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste. A empresa adquiriu tratores agrícolas, bem como, escavadeiras, tratores de esteira, carregadeiras e diversos implementos específicos para fortalecer sua operação. 

Leia também:

Fabet-SP abre inscrições para 2ª edição do curso Gestão em Segurança de Transporte de 2024

Este movimento ocorre em um momento de expansão do agronegócio brasileiro. Aliás, cujas exportações alcançaram US$ 15,24 bilhões em abril de 2024, um aumento de 3,9% em relação ao mesmo mês do ano anterior. Este setor representou 49,3% das exportações totais do Brasil, segundo a Secretaria de Comércio e Relações Internacionais. 

 O CEO do Grupo Emtel, Luciano Miranda, revelou que a empresa planeja investir outros R$ 25 milhões até o final de 2024, com base em negociações e contratos previstos para serem fechados. “Nossa divisão de locação de frotas hoje representa 43% dos negócios do Grupo Emtel na totalidade”, destacou Miranda. 

Além do agronegócio, o Grupo Emtel também atende segmentos de infraestrutura, saneamento, mineração e indústria com equipamentos de linha amarela. Além disso, a empresa possui uma frota diversificada que inclui veículos leves, caminhões e equipamentos variados, adaptados às necessidades específicas de cada operação. 

 A logística e o transporte, que compõem 39% da operação do grupo, incluem logística reversa e direta, assim como, recepção, armazenagem, controle de estoque, carga e descarga, expedição e transporte. A Emtel possui centros de distribuição estrategicamente localizados, oferecendo uma operação nacional completa para diversos segmentos. 

Setor de locação de empilhadeiras 

Conforme o relatório da Mordor Intelligence, o mercado global de empilhadeiras está avaliado em US$ 57,79 bilhões e deve atingir US$ 68,01 bilhões nos próximos cinco anos, com uma Taxa de Crescimento Anual Composta (CAGR) de 3,46%. No Brasil, esse cenário de crescimento não é diferente. 

Humberto Mello, diretor da SDO Equipamentos, destaca a princípio, que a demanda por empilhadeiras no país está em alta, impulsionada pelo crescimento da indústria e do comércio. “Estamos crescendo em um ritmo acelerado e muito acima de qualquer projeção. A explicação é simples: foco absoluto nas necessidades dos clientes, uma rede de distribuição bem atuante em todo o Brasil e produtos com excelente qualidade e desempenho”, afirmou Mello. 

A SDO Equipamentos, que projeta um crescimento de 67% até dezembro em comparação ao ano anterior, enfatiza a importância da segurança e sustentabilidade. Adotando empilhadeiras elétricas e alternativas eco-friendly, como baterias de lítio. A saber, a empresa é a master negociador da EP Equipment, maior fabricante chinesa de equipamentos elétricos para movimentação de carga, e distribui baterias de lítio para diversos equipamentos. 

“O nosso pós-venda é o que mais se destaca, desde a quantidade de peças para reposição até a disponibilidade de técnicos para atendimento in loco. Prezamos pelo bom relacionamento com os nossos clientes e pela rápida solução de seus problemas”, completou Humberto. 

Com o mercado de empilhadeiras em constante evolução, tanto o Grupo Emtel quanto a SDO Equipamentos estão bem-posicionados para capitalizar as oportunidades de crescimento e atender às demandas de seus clientes de maneira eficaz e sustentável. 

Nos siga no LinkedIn!

 

- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
- Publicidade -
Marcos Villela Hochreiter
Marcos Villela Hochreiterhttps://www.frotanews.com.br
Sou jornalista no setor da mobilidade desde 1988, com atuações em jornais, nas áreas de comunicação da Fiat e da TV Globo, como editor da revista Transporte Mundial entre 2002 e maio de 2023, e com experiência em cobertura na área de transporte no Brasil e em cerca de 30 países. Representante do Brasil como membro associado do ITOY (International Truck of the Year), para troca de experiências e conteúdos jornalísticos. Mais, recente começou como colaborador do corpo docente na Fabet (entidade educacional sem fins lucrativos).
- Publicidade -

ASSINE NOSSA NEWSLETTER

Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui