quarta-feira, maio 22, 2024

As profissões que usarão a Inteligência Artificial em 2024

O uso da inteligência artificial em 2024 já é uma realidade em boa parte das profissões voltadas para tecnologia, comunicação e ciências médicas. Além de reduzir o tempo em diversas atividades, segundo um estudo da Universidade de Stanford e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) confirma que a aplicação de sistemas como o ChatGPT em empresas pode aumentar em até 14% a produtividade dos trabalhadores.

A tecnologia ainda traz outros ganhos como aumento da capacidade criativa, performance e geração de tendências. “Diferentemente do que muitas pessoas acreditam, a IA não substituirá profissionais. Ela será uma aliada que ajudará a criar possibilidades de desenvolvimento e trará maior facilidade para a resolução de tarefas simples, como montar uma planilha, por exemplo”, explica Débora Herdeiro, Gerente de Recrutamento e Seleção da Luandre, uma das maiores empresas de RH do país.

O uso da inteligência artificial já é uma realidade em boa parte das profissões voltadas para tecnologia, comunicação e ciências médicas. Além de reduzir o tempo em diversas atividades, segundo um estudo da Universidade de Stanford e do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) confirma que a aplicação de sistemas como o ChatGPT em empresas pode aumentar em até 14% a produtividade dos trabalhadores.

A tecnologia ainda traz outros ganhos como aumento da capacidade criativa, performance e geração de tendências. “Diferentemente do que muitas pessoas acreditam, a IA não substituirá profissionais. Ela será uma aliada que ajudará a criar possibilidades de desenvolvimento e trará maior facilidade para a resolução de tarefas simples, como montar uma planilha, por exemplo”, explica Débora Herdeiro, Gerente de Recrutamento e Seleção da Luandre, uma das maiores empresas de RH do país.

Leia também:

Transpoeste 2024: a maior feira de transporte e logística do Oeste do Paraná

A especialista lista as cinco profissões que já estão se beneficiando do uso da IA. Confira!

– Engenheiro de Prompt

Responsável pela criação de sistemas de captação de informações do usuário, o engenheiro de prompt utiliza a Inteligência Artificial para criar mensagens usadas em chatbots. Os profissionais da área devem ter conhecimento técnico em aplicativos de IA, habilidades analíticas apuradas e formação acadêmica em áreas de tecnologia como Ciências da Computação ou Engenharia de Software.

– Analista de Qualidade

O analista de qualidade promove testes nas fases iniciais e de produção de um determinado produto. Com o uso da IA, os testes se tornam mais rápidos e precisos. Entre os pré-requisitos da área estão cursos voltados para qualidade e olhar crítico para identificar se um produto segue o padrão de conformidade.

– Especialista em investimentos

Responsável por recomendar produtos de investimentos e, em alguns casos, gerenciar contas de clientes, este especialista utiliza a inteligência artificial para análises matemáticas precisas e criação de gráficos e apresentações. Pré-requisitos como facilidade com números e ensino superior em exatas são exigidos pela funcionalidade analítica da profissão.

– Cientistas e pesquisadores

Assim como o especialista em investimentos, estes profissionais podem utilizar a IA como forma de análise rápida de resultados, previsibilidade e hipóteses. Ter graduação na área de Ciências Biológicas e participar de pesquisas acadêmicas são alguns dos pré-requisitos.

– Segurança de informação de dados

Responsável por garantir a segurança e o controle de informações de empresas e usuários, ele protege todo o sistema de dados de possíveis ataques de hackers. Com o uso da IA é possível criar mecanismos de segurança ainda mais elaborados, além de detectar vulnerabilidades e falhas de segurança. É necessário ter formação em cursos e graduações voltadas à tecnologia e ter inglês avançado.

Debora ainda destaca que no próprio RH, onde atua com recrutamento e seleção de profissionais, há também muita discussão em torno do uso da IA e em qual nível. “Consideramos que a IA veio para somar como ferramenta no dia a dia, tornando alguns processos e rotinas mais ágeis, porém, ainda há uma questão pessoal muito relevante no segmento, o que faz com que tenha que haver um equilíbrio entre a inteligência artificial e humana para maior efetividade!”.

Para mais informações sobre inteligência artificial clique aqui…

Publique seu texto em nosso site que o Google vai te achar!

Entre para o nosso grupo de notícias no WhatsApp

- Publicidade -
Últimas notícias
você pode gostar:

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui